21 de mai de 2016

Helena Heluy manifesta preocupação com a "guerra anunciada" pelo Governo do Estado para conter violência

A ex-deputada e ex-procuradora de Justiça Helena Heluy, militante da Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Luis, que se notabilizou pela defesa dos Direitos Humanos nos anos 1980, ocupou as redes sociais neste sábado para manifestar preocupação com as ações do Governo do Estado para combate à criminalidade, que ela chama de "guerra anunciada".

A ex-parlamentar, que é filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT), em sua conta no Facebook repete a frase que que foi pronunciada pelo comandante-geral da Polícia Militar, Cel. Pereira, para dizer como seria a ação policial em São Luís depois dos atentados a ônibus, para manifestar sua preocupação.

Diz ela: "Se alguém tiver de tombar que tombe o bandido".Ouvi esta frase ontem, numa entrevista de um militar. Fiquei preocupada com a guerra anunciada... Hoje, estou vendo a repetição da entrevista nas redes sociais. Minha preocupação aumentou muito mais.

Nenhum comentário: