9 de mai de 2016

Votação do impeachment: destino da presidente Dilma Rousseff vai ser definido esta semana pelo senadores

GIRO ECONÔMICO

Não há como desviar as atenções, pois os focos estão todos direcionados para Brasília (DF), onde nesta quarta-feira (11), o Senado vota o parecer pela admissibilidade do impeachment da presidente Dilma, aprovado sexta-feira (06), na comissão especial criada para este fim. Todos os prognósticos apontam para uma vitória da oposição e assim na quinta-feira (12) o Brasil já deverá ter um novo presidente, Michel Temer, que, apesar de vice, trabalha pela destituição da titular, que deve ficar pelo menos 180 dias afastada do cargo, isto é, até novembro, período em que deverá ser aprofundada a investigação das denúncias apresentadas por três juristas: Miguel Reale Júnior, Janaína Paschoal e Hélio Bicudo, este um dos fundadores do partido da presidente, o PT.

A expectativa é que as primeiras medidas de Michel Temer, mesmo sem efeito imediato, sirvam para criar novo ambiente na economia, e as empresas demonstrem pelo menos disposição de fazer novos investimentos, contratar trabalhadores, fazer o dinheiro circular. Esta é a aposta. 

Cidadã - A deputada federal Eliziane Gama (PPS), pré-candidata a prefeita de São Luís na eleição deste ano, recebe nesta segunda-feira (09) o título de cidadã ludovicense, na Câmara Municipal. Natural de Araguanã, ela se transferiu para a capital ainda adolescente e graduou-se em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão, tendo trabalhado na FM Esperança, mas deixou a profissão de lado desde que migrou para a política, onde conquistou dois mandatos de deputada estadual e um de federal.

Pré-candidatos - Por mais que digam estar em crise, a Prefeitura de São Luís continua muito desejada. Sexta-feira (06), tão logo o blog deste editor – www.aquilesemir.com.br – publicou que os empresários de construção civil iriam ouvir seis pré-candidatos a prefeito da capital, a partir deste mês pelo menos quatro que não foram listados ligaram para reclamar do esquecimento. É bem verdade que, a exemplo de outras eleições, todos eles vão ser jogados num funil e em junho menos da metade ainda estará em disputa.

Agronegócio - A secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulga nesta segunda-feira (09) os resultados da balança comercial da agropecuária no mês passado.



A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, que esta semana se despede do cargo, em recente evento com Sebastião Anchieta (Aged), Gisela Introvini (Fapcen), Márcio Honaiser (Sagrima), José Figueiredo (Faema) e Ewerton Rocha (deputado federal)

Independência - Vencido, sábado (07), o prazo para devolução do Parque Independência, pela Associação dos Criadores, ao Governo do Estado, o destino do imóvel terá um desfecho esta semana. Caso se confirme a decisão e não seja permitida, no local, a montagem da tradicional Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), o evento não será realizado este ano, por falta de área apropriada, e isto pode significar sérios prejuízos para o setor agropecuário, pois esta é a maior exposição do agronegócio no estado.

Agricultura - Os agricultores familiares poderão contar com R$ 881,26 milhões do governo federal, até 2019, para apoio à comercialização de sua produção por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) executado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Os recursos foram assegurados pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) através de Termo de Execução Descentralizada (TED) e se destinam a Compra com Doação Simultânea (CDS) e Aquisição de Sementes do PAA.

Nenhum comentário: