19 de mai de 2016

Michel Temer exonera ex-ministro Gilberto Carvalho da presidência do conselho nacional do Sesi

GIRO ECONÔMICO

O presidente Michel Temer exonerou o ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República Gilberto Carvalho do cargo de presidente do Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi). Carvalho foi secretário-geral no primeiro mandato da presidenta afastada Dilma Rousseff e chefe de gabinete do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Durante os oito anos foi responsável pela articulação do governo com os movimentos sociais, desempenhou diversas funções no Partido dos Trabalhadores e exerceu cargos na prefeitura de Santo André (SP). Carvalho estava na presidência do Sesi desde fevereiro de 2015. 

Para o seu lugar foi nomeado João Henrique de Almeida Sousa, ex-deputado federal pelo Piauí e ex-ministro dos Transportes no governo de FHC e presidente dos Correios, nos dois primeiros anos do governo Lula.

Ambos os decretos foram publicação na edição desta quarta-feira do Diário Oficial da União.

Inauguração  - A Vale inaugura nesta quinta-feira (19), às 09h30, em São Luis o mais moderno complexo de oficinas de locomotivas e vagões da empresa. Para operar esse investimento, a empresa admitiu entre janeiro e abril deste mais de 500 empregados, sendo 90% de mão de obra maranhense. As contratações priorizaram profissionais de nível médio, seguidos pelos de nível técnico e superior. Trata-se de um investimento que contempla os planos de crescimento da mineradora no estado.

Itaqui - O suplente de senador Lobão Filho (PMDB) parece disposto a criar embaraços ao governador Flávio Dino (PCdoB) com seu retorno ao Congresso Nacional nos próximos dias, pois uma de suas principais propostas é a devolução do Itaqui à União, que cedeu ao Governo do Estado em 2001, tendo naquela oportunidade sido criada a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), responsável pela sua ampliação e modernização e na gestão atual proporcionou os maiores lucros ao porto.

Município - Promete criar muita polêmica a proposta do prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves, de incorporar ao território do seu município seis povoados que pertencem a Altamira. O assunto já está na Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa. 









Osvaldino Pinho (E), que hoje preside assembleia mudança do estatuto da Ademi-MA, que ele preside, em recente evento com os diretores da entidade Cláudio Calzavara e Militão Gomes Filho

Sem casa - O Ministério das Cidades revogou terça-feira (17) portaria que autorizava a ampliação do programa Minha Casa, Minha Vida e habilitava a contratação de unidades na modalidade entidades, publicada quarta-feira (11), um dia antes da votação no Senado do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Segundo o Ministério das Cidades, a revogação é uma medida de cautela, pois as autorizações foram assinadas e publicadas sem os recursos necessários para o atendimento.

Cerveja - Em apenas 39 dias, o número de cervejarias registradas no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) passou de 320 para 397. Os dados compreendem o período de 8 de abril até a última terça-feira (17). Esse crescimento se deve à abertura do mercado para novas tendências da bebida, principalmente as cervejas artesanais e com isto atualmente são 5.254 produtos de cervejarias registrados no Ministério, distribuídos em cerca de 80 tipos de marcas diferentes.

Nenhum comentário: