29 de mai de 2016

Petistas, comunistas, feministas e outros istas não condenam apologia de Lula e Dilma ao estupro

Nos últimos dias alguns militantes de esquerda, em especial gente do PT e do PCdoB, tem se ocupado nas redes sociais para mostrar sua posição contra a violência contra a mulher, após a notícia de um estupro coletivo contra uma adolescente no Rio de Janeiro, e pegam qualquer declaração de alguém com quem eles não comungam nas ideias para mostrar suas diferenças, como é o caso de Danilo Gentili, por conta de uma postagem de 2012 em que ele ironiza as brigas internas dentro do Big Brother (BB Brasil), da Rede Globo. 

O que até agora ninguém avermelhado quis comentar é que o ex-presidente Lula e a presidente afastada Dilma Rousseff foram flagrados numa conversa telefônica fazendo apologia ao estupro. No dia 17 de março quando foi revelado o conteúdo dos diálogos entre os dois, após Lula ter sido levado coercitivamente para depor na Polícia Federal, ele diz que sua assessora Clara Ant, do Instituto Lula chegou a pensar que era um "presente de Deus" quando viu cinco homens invadindo seu apartamento na madrugada, porém, para desespero dela, "era a Polícia Federal".

Veja o diálogo:
.......................
Lula: Eu tô bem, eu falei com a Marisa agora, eles já foram embora de casa, já foram embora da casa do Fabio, já foram embora da casa do Sandro, eu só não consegui falar com Marcos. As perguntas, se os canalhas tivessem mandado um ofício, teria ido prestar depoimento, como eu já fui três vezes a Brasília prestar depoimento. Eu acho que o Moro quis fazer um espetáculo, antes da decisão daquele negócio que tá no Supremo pra decidir, a gente não sabe se é contra ou a favor, mas ele precisava fazer um espetáculo de pirotecnia. As perguntas foram as mesmas que eu já respondi ao Ministério Público e a dois delegados da Polícia Federal. Dos meus filhos, eles levaram os mesmos documentos que já tinha levado quando tinham levado na "invasão" na casa do meu filho. Ah, o único lugar que houve um pouco… foram na casa do Paulo Okamotto, foram na casa da Clara Ant, sabe? A Clara tava dormindo sozinha quando entrou 5 homens lá dentro, ela pensou que era presente de Deus, era a Polícia Federal, sabe? então... (risos)

Dilma: (risos) Ela pensou que era um presente de Deus? (risos)
.................

Nenhum comentário: