30 de mai de 2016

Devido a corte no orçamento determinado em 2015, o IBGE deixará de realizar em 2017 o Censo Agropecuário

GIRO ECONÔMICO

Ao completar oitenta anos neste domingo (29), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) não tinha muito o que comemorar com o anúncio de cortes em seu orçamento, determinado ainda em 2015, pela presidente afastada Dilma Rousseff, o que impossibilitará, a partir de 2017, a realização do Censo Agropecuário. O orçamento da pesquisa foi reduzido de R$ 330,8 milhões para R$ 266,9 milhões, o que inviabiliza sua realização. 

O órgão ainda tentou obter, no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, recursos para o censo e para a compra de equipamentos necessários à pesquisa, mas não teve sucesso. Por isso, o concurso de seleção para os profissionais que trabalhariam no censo também foi cancelado. O dinheiro da inscrição será devolvido.

O censo foi adiado para uma data ainda a ser definida, já que a pesquisa depende de recursos orçamentários. Por enquanto, as demais atividades previstas para 2016 no plano de trabalho do IBGE não foram afetadas.

Sampaio - Único representante do Maranhão na Série B do Campeonato Brasileiro, o Sampaio está participando da competição sem patrocinador máster na camisa. É algo incompreensível, pois o time proporciona, por semana, 180 minutos, isto é, três horas de visibilidade na TV em que suas partidas são transmitidas, fora aparições em outros programas, fotos em jornais e revistas etc. Vale destacar ainda que o clube estimula o turismo e gera outros benefícios para o estado, mas alguns não querem enxergar.

Aftosa - O diretor geral da Agência de Defesa Agropecuária (Aged), Sebastião Anchieta, deve anunciar nesta segunda-feira (30) a prorrogação do prazo final para vacinação dos rebanhos bovino e bubalino contra a febre aftosa, pois os índices estão muito baixos, por questões climáticas e falta de mobilização e estímulo dos criadores, principalmente os pequenos, e isto pode colocar o estado numa situação nada confortável perante ao Ministério da Agricultura e à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Turismo - Guias de turismo reunidos em São Luís neste fim de semana ficaram impressionados com a riqueza do folclore maranhense e lamentaram a falta de divulgação deste e outros potenciais que o estado tem para atrair visitantes. Que coisa!




O ex-senador José Sarney demorou a entrar, mas quando apareceu nas gravações de conversas grampeadas foi para desmontar com o PT. Segundo ele, Lula tem arrependimento de ter feito Dilma sua sucessora. No registro, os três quando tudo ainda era motivo para festas

Senac - O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) abre hoje e fecha amanhã as inscrições para cursos gratuitos no município de Imperatriz, onde está oferecendo 295 vagas para Almoxarife, Assistente Administrativo, Assistente Pessoal, Auxiliar de Cozinha, Auxiliar de Confeitaria, Camareira em Meios de Hospedagem, Confeccionador de Bijuterias, Copeiro, Depilador, Manicure e Pedicure e Operador de Caixa. As inscrições podem ser feitas no site do Senac: www.senac.com.br.

Agricultura - O diretor do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Luiz Figueiredo, não tem dúvidas de que a agricultura do Piauí vai superar a do Maranhão, como já está sendo notado na safra deste ano, e diz que uma das causas pode ser a inclusão de boa parte do território maranhense de Bioma Amazônia, o que torna obrigatória a reserva de 80% da propriedade para preservação ambiental, ou seja, o vizinho estado como está quase toda em região de cerrado e caatinga pode ocupar mais a terra com plantios.

Nenhum comentário: