22 de mai de 2016

Prejuízos com ônibus queimados em São Luís podem ultrapassar a casa de R$ 1,5 milhão

GIRO ECONÔMICO

O Sindicato das Empresas de Transporte (SET) ainda não divulgou sua estimativa sobre os prejuízos resultantes dessa loucura registrada em São Luís, quinta e sexta-feira, quando ônibus voltaram a ser incendiando numa ação de grupos criminosos que na chegaram sequer a apresentar uma justificativa para tais atos, mas, pelos cálculos de um revendedor de veículos pesados, cerca de R$ 1 milhão pode ter ido para o fogo, considerando-se os cinco destruídos e os seis que foram parcialmente danificados.

O cálculo é com base no preço de cada ônibus, que deve ficar na média de R$ 150 mil, levando-se em conta a idade. Pior é que nem seguro há, pois nenhuma operadora se arrisca a fazer esse tipo de contrato, principalmente em cidades onde o risco é alto, e São Luís, infelizmente, se transformou uma delas.

Não surpreenderá, porém, se o Estado e a Prefeitura, como concessionários do transporte coletivo, forem acionados para repararem os danos, ainda mais que a segurança é dever do poder público.

Emoções - Por sugestão do senador Roberto Rocha (PSB), o Senado Federal aprovou quinta-feira (19) a criação de uma Frente Parlamentar da Rota das Emoções, que vai atuar em defesa do fortalecimento econômico e social da região, que interliga os Lençóis Maranhenses (MA), Delta das Américas (PI) e o Parque Nacional de Jericoacara (CE), principalmente no que se refere ao turismo, prática de esportes de aventura etc, bem como nas atividades de extrativismo vegetal, produção de artesanato e agricultura familiar. 

Viva - A transferência de unidades do Viva para o interior de shopping centers, em São Luís e Imperatriz, está gerando reclamações, pois quem recorre a seus serviços enfrenta problemas de locomoção, já que alguns estão em zonas pouco estratégicas para quem se utiliza do transporte coletivo. Já quem tem veículo próprio, seja moto ou automóvel, desembolsa pelo menos R$ 4,00 com estacionamento quando procura atendimento, isto se conseguir desembaraçar sua demanda no prazo estipulado para este valor. 

Contra - Alguns secretários do governador Flávio Dino estão remando em sentido contrário. Enquanto Sua Excelência tenta aproximação com o governo federal, nas redes sociais o pau continua cantando, com insultos ao presidente Michel Temer. Assim não dá!













Reconduzido ao Tribunal Regional Eleitoral, o advogado Daniel Blume (D) com o conselheiro federal da OAB Luiz Guterres e o presidente do TRE-MA, Lourival Serejo



Jucema - O presidente da Junta Comercial do Maranhão (Jucema), Sérgio Sombra, participa nesta quarta-feira (21) da reunião plenária da Associação Comercial do Maranhão onde, a partir das 19h, vai apresentar à classe empresarial um balanço sobre as atividades do órgão no primeiro trimestre de 2016, principalmente no se refere ao registro de empresas e a ampliação dos serviços da Redesim, criado para facilitar registro, transferência, alteração de contrato social e baixa de empresas.

Futebol - O empresário Jeová Barbosa de Oliveira, mesmo ausente do Castelão, quarta-feira passada, dia 18, vibrou muito com a conquista do Campeonato Maranhense pelo Moto Club, que, além de ser o time do seu coração, é patrocinado pela sua construtora, a Jeová Barbosa Engenharia. Ele ficou tão ficou empolgado com o retorno que a empresa teve com este apoio que já garantiu que sua marca vai estar na camisa rubro negra também nos jogos da Série D do Campeonato Brasileiro, que começam em agosto.

Nenhum comentário: