19 de mai de 2016

Secretário de Articulação Política do Estado chama Edilázio Júnior de mentiroso, vulgar e desqualificado

Ao que parece, o secretário de Articulação Política do Governo do Estado, jornalista Márcio Jerry (PCdoB), que é responsável também pela Comunicação Social, vai deixar de lado a serenidade que é exigida de quem ocupa esse tipo de função para se comportar como guerrilheiro, vocação de todo bom comunista que aposta mais no confronto do que no diálogo para resolver questões comuns em ambientes democráticos.

Nesta quarta-feira (18), reagindo pelas redes sociais às críticas do deputado Edilázio Júnior (foto), do Partido Verde, que o acusou de tratar os membros da Assembleia Legislativo como se fossem prostitutas, pois estariam apenas aguardando receber suas emendas parlamentares para encerrarem "uma zanga" com o Palácio dos Leões, o secretário não poupou ofensas ao comentar a opinião do deputado, que foi publicada por este blog e no site da Assembleia Legislativa.

Mentiroso, desqualificado e vulgar foram alguns dos adjetivos utilizados pelo auxiliar de Flávio Dino para mostrar sua indignação. A primeira postagem até que foi equilibrada para o estilo do secretário. Disse ele: "Deputado Edilázio Júnior deveria prezar mais o cargo que exerce na honrada Mesa da Assembléia em respeito à Casa e a seus pares".

Da segunda postagem em diante, voltou a ser Márcio Jerry:
  • "Uma vez mais refuto com veemência as mentiras do deputado Edilázio Júnior. Desqualificado que é, parte para baixarias inaceitáveis".
  • "Deputado Edilázio Júnior faz ataques a mim baseados em deslavada mentira. Pratica a velha e baixa política da mentira e de outros cometimentos".
  • "Edilázio Júnior vem insistindo numa ficção vil de que eu teria feito comentários que jamais fiz sobre deputados. Atitude de mentiroso vulgar".
  • "Deputado Edilázio Júnior, por fim, desdenha a seriedade do Poder Legislativo do Maranhão ao recorrer ao artifício imoral da mentira para acusar".



Nenhum comentário: