8 de jun de 2016

Venda de carne para a Europa: Maranhão e 22 outros estados autorizados a vender a frigoríficos exportadores

Circula pelas redes sociais uma peça publicitária do Governo do Estado em que ele se vangloria pelo fato do Maranhão ter sido autorizado a exportar carne bovina para a União Europeia. Num texto "jornalístico" distribuído pela Secretaria de Comunicação Social está dito: "O Maranhão está entre estados que acabam de ser incluídos entre as unidades da federação autorizadas a fornecer à União Europeia (UE) carne bovina para a fabricação de produtos industrializados". Acompanham o texto para os menos avisados publicarem, fotos de animais vivos sendo embarcados.

A história, entretanto, não é bem assim, pois, na verdade, com exceção do Amapá, de Roraima, do Rio de Janeiro e do Amazonas - que têm baixa tradição pecuária - os demais estados estão autorizados a fornecer animais para os 77 frigoríficos que fazem a industrialização a fim de vender carne processada a países europeus.

Peça publicitária do governo conta uma história diferente
Antes desta ampliação, apenas São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e Espírito Santo eram autorizados a fornecer a esses frigoríficos. Agora passam a ser fornecedores, também, o Distrito Federal e os estados do Acre, Rondônia, Pará, Tocantins, Maranhão, Piauí, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe.

Vale destacar que o grande salto do Maranhão foi dado em 2014 quando foi reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) zona livre de aftosa com vacinação, status a que foram elevados também seis outros estados nordestinos, já que apenas Bahia e Sergipe eram considerados, no Nordeste, como unidades onde a doença havia sido erradicada.

2 comentários:

Alan Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alan Ferreira disse...

Esta certa a peça publicitário do Estado...foi vc que não entendeu, já que foram autorizados 14 Estados, com os 09 que já tinham permissão para exportar, totalizando 23 unidades federativas. Vc é um jornalista admirável, mas essa tua birra com Flávio Dino, está fazendo cair no conceito de muita gente. É notório o quanto vc pucha o saco dos políticos que deixaram o Maranhão, como o Estado mais atrasado do Brasil. É de miséria que gosta ou tem outros interesses?

Dados MAPA
http://brazilmodal.com.br/2015/jornalmultimodal/ue-amplia-acordo-para-carne-industrializada-do-brasil/