14 de jun de 2016

Vendas de lâmpadas incandescentes estarão proibidas a partir do dia 30 de junho, segundo alerta do Inmetro

GIRO ECONÔMICO

As lâmpadas incandescentes não vão mais ser vendidas no Brasil a partir do dia 30 de junho e os estabelecimentos, importadores e fabricantes serão fiscalizados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para punir com multa quem não atender à legislação. A restrição foi estabelecida em uma portaria interministerial de 2010, que tem como objetivo minimizar o desperdício no consumo de energia elétrica. 

Uma lâmpada fluorescente compacta economiza 75% em comparação a uma lâmpada incandescente de luminosidade equivalente. Se a opção for por uma lâmpada de LED, essa economia sobe para 85%. A venda de lâmpadas incandescentes começou a ser proibida no Brasil em junho 2012, com a exclusão do mercado de lâmpadas com potência acima de 150 watts (W). Depois, foi a vez das lâmpadas entre 60W e 100W, em 2013. Em dezembro de 2014, foram substituídas as lâmpadas de 40W a 60W.

O processo de substituição terminará em 30 junho deste ano, com a participação de unidades com potência inferior a 40W.

Feirão  - O 12º Feirão Caixa da Casa Própria realizado em São Luís (MA), de sexta-feira a domingo, foi encerrado com um volume de R$ 497.630.145,43 negociados. Foram mais de 2.959 mil contratos fechados ou em andamento pelo Programa Minha Casa, Minha Vida e das demais operações com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foram oferecidos 9 mil imóveis. Participaram dessa edição, 22 construtoras, 05 imobiliárias e 13 parceiros institucionais que ocuparam uma área de 8.500 mil m². 

Engenharia - As obras do Hospital da Criança, no bairro da Alemanha, podem ser paralisadas para correção de um erro de engenharia, caso entendam assim o Ministério Público, o Corpo de Bombeiros e o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-MA), pois esqueceram de colocar rampas ligando os andares, ou seja, as ligações são feitas apenas por elevadores e escadas, mas fica a dúvida sobre como deslocar uma maca em caso de suspensão dos serviços de energia ou mesmo pane nos elevadores.

Liquigás - Diretores da Liquigás, subsidiária da Petrobras, estarão em São Luís nesta terça-feira (14) para entrega do troféu de melhor vendedor de GLP na regional que vai do Ceará ao Amapá, passando pelo Piauí, Maranhão e Pará, à Chamagás, empresa pertencente ao Grupo Nicolau, do empresário Antônio Hiluy Nicolau.






O advogado Caldas Goes no momento em que recebia o diploma de Cidadão de São Luís, sexta-feira (10), na Câmara Municipal, estando ladeado pelo deputado José Inácio, os vereadores Honorato Fernandes e Ricardo Diniz e o presidente da OAB, Thiago Diaz



Servidores - Vai dar um trabalhinho para donos de barracas conferir documentos, mas em todos os arraiais juninos montados em parceria pelo Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís os servidores públicos terão direito a um desconto de 10% nas compras. Para ter direito a essa vantagem, o servidor deverá estar portando o último contracheque, devendo o proprietário da barraca conferir com um documento de identificação, o que pode se tornar um pouco burocrático, principalmente depois da etilia elevada.

Impostômetro - Entre 1º de janeiro e domingo (12), os brasileiros já pagaram mais de R$ 900 bilhões em impostos. O valor foi calculado pelo Impostômetro, mecanismo criado pela Associação Comercial de São Paulo em 2005, e que mede o total de impostos, taxas e contribuições que a população brasileira pagou desde o início do ano. A marca de R$ 900 bilhões foi atingida no início da manhã do último dia 12. Em 2015, esse montante foi alcançado no dia 13 de junho, ou seja, um dia a mais.


Nenhum comentário: