29 de jul de 2016

Assim como o PDT fez com Leo Costa em Barreirinhas, PMDB puxa tapete do prefeito Zé Alberto em Bacabal

Além de Leo Macário Costa, de Barreirinhas, que foi desautorizado pelo seu partido, o PDT, de concorrer à reeleição a fim de favorecer uma aliança com o PCdoB do governador Flávio Dino, outro prefeito, José Alberto, de Bacabal, também perdeu espaço na legenda a qual é filiado e não poderá tentar um segundo mandato. Num vídeo gravado nesta sexta-feira (29), ele comunicou a desistência e disse que seu grupo está liberado para apoiar qualquer um dos concorrentes.

Zé Alberto foi preterido pelo deputado estadual Roberto Costa, o preferido do senador João Alberto, que preside o PMDB no estado. Ele sai de cena com um dos mais baixos índices de popularidade, mas garante ter feito muitas obras e que o povo de Bacabal vai sentir saudades da sua administração.

O prefeito declarou que nestes três anos e meio de vida pública nunca deixou de cuidar dos seus negócios e volta-se para eles com mais determinação a partir de janeiro de 2017, quando passa a faixa ao sucessor. Sem citar nomes, ele queixou-se de ex-aliados, dizendo que o único político que lhe apoiou nesses anos foi o deputado Alberto Filho, de quem é pai.

Nenhum comentário: