25 de jul de 2016

Ministério da Agricultura convoca 186 mil pescadores que perderam registro para se regularizarem

GIRO ECONÔMICO

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) suspendeu 186.106 registros de pescadores profissionais artesanais. A medida foi publicada no Diário Oficial da União sexta-feira (22). A decisão foi tomada porque os pescadores não fizeram a manutenção do registro, conforme prevê a legislação. No entanto, eles poderão voltar a obter o documento quando prestarem os esclarecimentos necessários.

A suspensão foi determinada pela portaria nº 11, de 21 de julho de 2016, assinada pelo secretário substituto de Aquicultura e Pesca, Marcio Candido Alves. Com a medida, o total de registros suspensos hoje é de 256.929. Anteriormente, o Mapa já havia adotado a mesma providência em relação a 70.823 pescadores profissionais artesanais.

Segundo a Secretaria de Aquicultura e Pesca, para a manutenção da licença de pescador profissional, o interessado deverá apresentar esses documentos com até 60 dias de antecedência da data de seu aniversário nas Superintendências Federais de Agricultura.

Decolar - Pesquisa divulgada pela Decolar mostra que no primeiro semestre deste ano, a rota nacional do transporte aéreo mais comprada foi São Paulo-Rio de Janeiro e a internacional, São Paulo-Buenos Aires (Argentina). Em segundo lugar, das nacionais, aparece Rio de Janeiro-São Paulo, e a internacional, São Paulo-Santiago (Chile). Na comparação com 2015, a rota Curitiba-Salvador foi a que mais cresceu, com 29% de aumento, enquanto Recife-Orlando foi a internacional em destaque, com 24%.

Cheques - Os brasileiros se mantiveram cautelosos ao utilizar o cheque nos primeiros seis meses deste ano. De acordo com a Pesquisa de Inadimplência da Telecheque, 97% dos pagamentos realizados com cheques foram honrados no primeiro semestre de 2016. Em junho, o indicador ficou em 96%, estável na comparação com o índice do mês anterior, situação que surpreende, frente a grave crise econômica que assola o País. O valor médio de compras em cheque no primeiro semestre foi de R$ 1.052,30. 

Eleição - A partir da próxima semana começa pra valer a disputa pelos cargos de 217 prefeitos e milhares de vereadores. Agências de publicidade, gráficas, produtoras de vídeo etc estão sendo azeitadas para produzir material não apenas para favorecer os clientes, mas destruir os adversários. 








O estudante Washington Luís da Sousa Mendonça Júnior, do Distrito Federal, medalhista do WorldSkills, com o empresário Celso Gonçalo (Alvorada Motos), conselheiro da Federação das Indústrias



Crédito - Os médios e grandes produtores rurais tomaram empréstimos de R$ 150 bilhões na safra 2015/16, que se encerrou em junho. O montante - referente a créditos de custeio, comercialização e investimento – é 2,6% superior ao do ciclo anterior. Os dados foram divulgados sexta-feira (22) pela Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura. Os R$ 150 bilhões correspondem a 80% do total de recursos programados para o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) da temporada, de R$ 187,7 bilhões.

Exportação - Em postagem publicada num grupo de criadores nas redes sociais, o empresário Sílvio de Castro e Cunha, que preside a Agroexport, garante que a empresa não planeja sair do Maranhão, muito pelo contrário, está oferecendo gado maranhense no mercado internacional para futuras exportações. Quanto ao feno utilizado para alimentação dos animais confinados antes do embarque, diz que a solução já foi encontrada e que a própria empresa cuidará de sua produção na Fazenda Carrancudo, em Matões do Norte.

Nenhum comentário: