19 de ago de 2016

À Justiça Eleitoral, Edivaldo Holanda Júnior diz que ficou mais pobre depois que se elegeu prefeito de São Luís

Dados publicados pelo jornalista Gilberto Leda em seu blog - www.gilbertoleda.com.br - mostra que chegar à Prefeitura de São Luís não foi um bom negócio para o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que nestes quatro viu seu patrimônio se depreciar em R$ 100 mil, na comparação com o declarado em 2012, quando disputou e venceu a eleição. De acordo com os números informados pelo prefeito à Justiça Eleitoral, há quatro anos ele tinha mais de R$ 200 mil e agora teria R$ 193,1 mil.

A situação financeira do prefeito, cuja família é dona, dentre outros empreendimentos, da Universidade Infantil Rivanda Berenice, no bairro do Vinhais, é pior do que a da candidata do PSTU, Cláudia Durans, que tem como renda apenas os salários de professora da Universidade Federal do Maranhão. Ele declarou um patrimônio de R$ 200 mil (uma casa no Cohatrac), ou seja, é R$ 7 mil mais pobre que Edivaldo. 

Wellington do Curso, proprietário do curso profissionalizante Wellington, declarou possuir mais de R$ 1,3 milhão em dinheiro, patrimônio que aumentou em R$ 400 mil em dois anos, já que em 2014, quando foi candidato a deputado estadual, declarou R$ 924 mil.

A exemplo do prefeito, a deputada federal Eliziane Gama (PPS) também viu seu patrimônio encolher desde que chegou ao Congresso Nacional. Em 2012, quando se candidatou a prefeita de São Luís, ela informou um patrimônio de R$ 370 mil – um carro e uma casa; em 2014 declarou possuir R$ 780 mil (mais que o dobro); e agora diz que possui apenas R$ 630 mil.

Nenhum comentário: