22 de ago de 2016

Em novo leilão da Conab, mais de 50 mil toneladas de milho são ofertadas a criadores

GIRO ECONÔMICO

Mais 50 mil toneladas de milho a granel serão leiloados nesta terça-feira (23) em dois pregões eletrônicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Para os dois próximos leilões, estão programadas mais 9,4 mil toneladas e 40,5 mil toneladas, respectivamente. O produto está estocado em armazéns localizados nas cidades de Pedra Preta, Ipiranga do Norte, Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Ubiratã, Sorriso e Várzea Grande, todas no Mato Grosso, e se destina a criadores de aves e suínos que utilizam o milho na ração animal.

O preço do quilo, excluído o ICMS, será divulgado dois dias antes da realização do pregão. Em julho, o Conselho Interministerial de Estoques Públicos (CIEP) autorizou a venda de 500 mil toneladas de milho para conter a alta na cotação do milho e seu impacto nos preços das carnes de frango e de suínos no mercado interno.

Os interessados em particpar dos leilões da próxima semana devem estar cadastrados na Bolsa de Valores pela qual pretendam realizar a operação e em situação regular no Sistema de Registro e Controle de Inadimplentes da Conab (Sircoi).

Reajuste - Os servidores públicos federais vão estar com as atenções voltadas para Brasília nesta terça-feira (23), onde a Comissão de Assuntos Econômicos do Senado deve concluir a votação dos projetos que reajustam a remuneração dos ministros do Supremo Tribunal Federal, do procurador-geral da República e do defensor público-geral federal. Os vencimentos dos ministros do STF estabelecem o teto do funcionalismo e os do procurador-geral e do defensor público servem de base para reajuste das respectivas carreiras.

Isenção - Se fosse para escolher uma emissora de televisão sem vínculo dos donos com política, para geração da propaganda eleitoral gratuita, não escaparia uma, pois das consideradas geradoras, a TV Brasil (do governo federal) não teria condições por ainda ser analógica, a TV Difusora é do senador suplente Lobão Filho e estaria arrendada para um grupo do PDT, a TV Cidade pertence ao senador Roberto Rocha (PSB); e a TV Mirante é de propriedade do Grupo Sarney. As demais são apenas repetidoras.

Indústria - A produção industrial e o número de empregados do setor caíram na passagem de junho para julho, segundo a Sondagem Industrial, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O levantamento foi feito com 2.532 empresas entre 1º e 11 de agosto.



 


Jussier Ramalho está confirmado para a palestra de abertura do XIX EMAD - Encontro Maranhense de Administração, que será realizado de 21 a 23 de setembro com o tema Governança: Evidências na Gestão Pública e Privada.

Indígenas - Atendendo pedido do Ministério Público Federal, a Justiça Federal determinou que a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal atuem de maneira permanente na Terra Indígena Awá-Guajá, nos municípios de Zé Doca, Centro do Guilherme e Centro Novo do Maranhão, para evitar possível invasão por não índios. A tentativa de reocupação estaria sendo organizada por pessoas com atividade político-partidária naquela região, conforme alerta da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Telefonia - O deputado César Pires é autor da indicação apresentada à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa para que sejam encaminhados expedientes às empresas de telefonia móvel Claro e Tim para instalação de torre para Celular, no KM 17, e a implantação do sistema de telefonia 4G no município de Codó. Segundo o deputado, a torre no povoado KM 17 trará grandes vantagens aos seus moradores que são obrigados a se dirigirem às localidades vizinhas para obter sinal em seus aparelhos.

Nenhum comentário: