27 de ago de 2016

Equipamentos de fotografia e vídeo poderão ser ficar isentos do Imposto de Produtos Industrializados (IPI)



GIRO ECONÔMICO

Os equipamentos e materiais importados para uso exclusivo no exercício das profissões de repórter fotográfico e cinematográfico e de operadores de máquinas fotográficas e câmeras filmadoras poderão ser isentos de impostos. É o que estabelece o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 141/2015, aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado quarta-feira (24). Pelo projeto do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), a isenção alcança o Imposto de Importação, o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e também as contribuições PIS/Pasep e Cofins.

As isenções somente serão concedidas aos equipamentos e materiais que não possuam similar nacional, ou seja, com fábricas brasileiras, e pelo prazo de cinco anos, a partir da publicação da lei.

O relator, senador Edison Lobão (PMDB-MA), registra que a variação cambial, agregada a uma alegada defasagem técnica da indústria nacional, poderá gerar um fosso tecnológico e uma perda de competitividade, o que não é bom para o país.

Vaqueiro - Ao comemorar a sanção do seu projeto de lei que institui o Dia do Vaqueiro no Maranhão, a ser comemorado a 22 de agosto, dia em que se comemora também o Dia de São Raimundo dos Mulundus, em Vargem Grande, o deputado Fábio Braga (SD), lembrou a importância desses profissionais para a economia do estado. Para eles, são bravos e destemidos os cidadãos maranhenses que no dia a dia labutam no manejo e condução de espécies animais bovinos, bufalinos, equinos, muares, caprinos e ovinos.

Crescimento - Estimativa do Instituto Maranhense de Estudos Econômicos e Cartográficos (Imesc) prevê que, apesar da crise enfrentada pelo país, o Produto Interno Bruto (PIB) do Maranhão deve ter crescimento de 4,1% em 2017, resultado de uma série de intervenções do Estado na economia e atração de novos negócios. A projeção foi feita pelo presidente do órgão, Felipe de Holanda, em palestra na Associação Comercial do Maranhão, quarta-feira, onde apresentou um cenário da economia maranhense.

Fecomércio - Numa solenidade que contou com a presença do governador Flávio Dino (PCdoB), foi inaugurada nesta sexta-feira (26) a nova sede do Sistema Federação do Comércio, um edifício de 11 pavimentos, localizado na Avenida dos Holandeses (Calhau), onde funcionam também os órgãos vinculados, Senac e Sesc.








Na inauguração da sede da Federação do Comércio, o governador Flávio Dino, o presidente em exercício, Marcelino Chaves; a diretora do Sesc, Maria dos Remédios; o superintendente João Torres; e o vice-presidente Vilson Maia

Cidadania - O Instituto de Cidadania Empresarial (ICE-MA) realizou na manhã desta quinta-feira (25) assembleia geral para escolha da nova diretoria, que ficou composta por Gustavo Almeida (Superclínica), presidente; Carlos Cardeal (Cemar), diretor; e Camila Balluz (Upaon-Açu). Na oportunidade, empresários associados ao instituto acompanharam a apresentação do balanço de resultados de 2015, que apontou as principais ações desenvolvidas pelo ICE, bem como a movimentação financeira do ano passado.

Construção - O Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-MA) realiza neste sábado (27), no Sesi do Araçagi, mais uma edição do Dia da Construção Social. O objetivo é aproximar mais ainda os trabalhadores e seus familiares para que possam desfrutar, ao longo do dia de uma ampla agenda de prestação de serviços, atividades esportivas e de lazer. O evento conta com apoio de diversas instituições, dentre elas Senai e Sesi, do Sistema Federação das Indústrias, e Senac, do Sistema Federação do Comércio.

Nenhum comentário: