24 de ago de 2016

Sondagem divulgada pela CNI mostra que o setor de construção civil ainda está operando em baixa


GIRO ECONÔMICO

A indústria da construção civil permanece operando abaixo do usual, mas com o ritmo de queda da atividade e do número de desempregados já apresentando redução, avaliou a Confederação Nacional da Indústria (CNI). De acordo com a Sondagem da Indústria da Construção (CNI), divulgada nesta segunda-feira (22), os indicadores de atividade (42,3 pontos) e de número de empregados (39,7 pontos) cresceram 1,1 e 1,6 ponto, respectivamente, na passagem de junho para julho.

“Apesar do aumento, os indicadores permanecem abaixo dos 50 pontos, o que indica queda do nível de atividade e do número de empregados em relação ao mês anterior. Quanto mais abaixo dos 50 pontos, mais intensa e disseminada é a queda”, diz o boletim da sondagem da CNI.

A utilização da capacidade de operação passou de 56% em junho para 57% em julho. A despeito do aumento, o índice permanece 8 pontos percentuais abaixo da média histórica para o mês.

Economia - A Associação Comercial do Maranhão, como parte da programação dos seus 162 anos de fundação, promove nesta quarta-feira (24), palestra com o economista, professor e membro do Conselho Federal de Economia (Cofen) Luís Alberto Aranha Machado, que falará à classe empresarial sobre o Cenário Econômico Nacional e Mundial. Já o presidente do Instituto Maranhense de Estudos Sócio Econômicos e Cartográficos (IMESC), Felipe de Holanda, falará sobre o Cenário Econômico Maranhense.

Cidadão - Pedro Robson Holanda da Costa, dono da Panette Recepções e presidente do Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria de São Luís (Sindipan), além de vice-presidente da Federação das Indústrias, recebe sexta-feira (26), às 14h, o título de Cidadão de São Luís, distinção requerida pelo vereador José Joaquim (PSDB). Natural do Ceará, o homenageado também preside o São Luís Convention & Visitors Bureau e é diretor da Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip).

Mulçumano - O empresário maranhense Carlos Prado, graças à sua proximidades com autoridades da Arábia Saudita, é um dos apoiadores da Federação das Associações Mulçumanas do Brasil (Fambras), fundada em 1979, por Hajj Hussein Mohamed El Zoghbi, para atuar nos âmbitos religioso, social, econômico e diplomático, em defesa do povo árabe e das comunidades carentes brasileira.








Carlos Prado (D), que é um dos apoiadores da Federação das Associações Mulçumanas do Brasil (Fambras), com o embaixador do Reino da Arábia Saudita, Hisham Al-Qahtani, em recente visita a  


Logística - Em mais uma edição do programa Braços Abertos em Imperatriz, a VLI reuniu moradores do conjunto habitacional Dom Felipe Gregory e alunos do curso de manobrista ferroviário do Senai para uma visita às suas instalações na Ferrovia Norte-Sul, onde tiveram oportunidade de ver de perto atividades próprias do setor ferroviário, a exemplo do trabalho do manobrista, além de conhecer equipamentos importantes para a operação da FNS, como o rodotrilho e o guindaste.

Beleza - O Shopping Pátio Norte foi o primeiro centro comercial a receber ações do Beleza nos Bairros, patrocinado por empresas de cosmético. Para sua gerente de marketing, Ghirza Carvalho, a parceria ajuda no posicionamento de mercado que a empresa busca. “Um shopping é tradicionalmente um local de consumo e entretenimento e queremos que o Pátio Norte seja também um ponto de conhecimento e, para isso, buscamos parcerias com instituições que também tenham esta preocupação”, diz.Brasília

Nenhum comentário: