10 de set de 2016

Apesar de o Maranhão ter sido reprovado no Ideb, autoridades ainda encontram motivos para comemorar

Apesar de a rede estadual maranhense de ensino não ter atingido em 2015 a meta em nenhuma das fases avaliadas pelo Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (Ideb), divulgado pelo Ministério da Educação, quinta-feira (08), o Governo do Estado ainda encontrou motivos para comemorar os números, porque no ensino médio, cuja responsabilidade pelas matrículas é de 97% do Estado, o Maranhão saiu de 2.8 em 2013 para 3.1 em 2015, um crescimento de 0.3 ponto, mas sem atingir a meta, que era de 3.3. A meta para 2017 é 3.7.

No que diz respeito à faixa da 8ª série ao 9º ano, que é o encerramento do fundamental, o Maranhão não saiu do lugar, pois obteve em 2015 a mesma nota verificada em 2013, que foi de 3.8, sendo que a meta para 2013 era 4.1 e para o ano passado, 4.4, ou seja, o ensino nessa faixa não melhorou nada, e ainda ficou devendo 0.6, sendo que a meta para 2017 é 4.7.

No que se refere ao início do ensino fundamental, da 4ª série ao 5º ano, as escolas estaduais conseguiram atingir em 2015 a nota 4.3, que era a prevista para 2013, quando ficou com nota 4.1, ou seja, 0.2 a menos, enquanto a meta para este ano era 4.6, o que significa dizer que ficou 0.3 atrás. É torcer pelas nossas crianças, pois a meta para 2017 é 4.9.

Além do Maranhão, não conseguiram atingir suas metas em todas as fases, Distrito Federal e Sergipe, enquanto atingiram ou superaram, Amazonas, Goiás, Pernambuco e Piauí. Os demais conseguiram fechar, pelo menos, parcialmente as metas de 2015.

Fala o secretário estadual de Educação, Felipe Camarão (foto): "O Governo do Estado celebra, pois estamos acertando e construindo caminhos sólidos para que os resultados de 2017 sejam ainda melhores e marquem a história da educação maranhense".

Na tabela abaixo veja como foi o desempenho das redes estaduais de ensino, segundo os números do Ministério da Educação. Os que atingiram suas metas estão em azul, os que conseguiram parcialmente, em negrito, e os reprovados, em vermelho:




Ideb 2015
4ª série / 5º ano
8ª série / 9º ano
3ª série EM
Estado
Nota
Meta
Nota
Meta
Nota
Meta
Acre
5.5
4.7
4.4
4.7
3.5
3.9
Alagoas
4.1
4.3
3.1
3.7
2.8
3.7
Amapá
4.4
4.4
3.5
4.7
3.1
3.6
Amazonas
5.5
4.7
4.4
3.9
3.5
3.1
Bahia
4.3
4.0
3.2
3.9
2.9
3.6
Ceará
5.8
4.6
4.2
4.0
3.4
3.9
Distrito Federal
5.6
5.8
4.0
4.5
3.5
3.9
Espírito Santo
5.5
5.1
4.0
4.8
3.7
4.0
Goiás
6.1
5.3
4.7
4.5
3.8
3.8
Maranhão
4.3
4.6
3.8
4.4
3.1
3.3
Mato Grosso
5.6
4.9
4.5
4.1
3.0
3.5
Mato Grosso do Sul
5.4
4.6
4.1
4.2
3.5
3.8
Minas Gerais
6.3
6.2
4.5
4.8
3.5
4.4
Pará
4.2
4.1
3.2
4.4
3.0
3.5
Paraíba
4.4
4.4
3.3
3.7
3.1
3.5
Paraná
6.2
6.2
4.3
4.5
3.6
4.2
Pernambuco
4.7
4.5
4.1
3.6
3.9
3.6
Piauí
4.6
3.9
3.8
3.8
3.2
3.2
Rio de Janeiro
5.1
5.1
3.7
4.1
3.6
3.7
Rio Grande do Norte
4.5
3.9
3.2
3.8
2.8
3.5
Rio Grande do Sul
5.5
5.5
4.0
4.8
3.3
4.4
Rondônia
5.7
5.0
4.0
4.4
3.3
3.9
Roraima
5.1
4.9
3.7
4.4
3.4
4.2
Santa Catarina
5.9
5.6
4.7
5.3
3.4
4.4
São Paulo
6.4
5.8
4.7
5.0
3.9
4.2
Sergipe
4.3
4.4
2.9
4.1
2.6
3.7
Tocantins
5.0
5.0
3.8
4.6
3.3
3.8


Nenhum comentário: