18 de set de 2016

As incoerências dos números da pesquisa DataM com a postura agressiva do prefeito Edivaldo Holanda

Edivaldo diz que vai ganhar fácil, mas treme de medo dos adversários

Sempre que aparece uma pesquisa de opinião pública em que um candidato aparece praticamente eleito, o normal é quem lidera virar saco de pancadas dos adversários, mas não tem sido assim em São Luís, desde sexta-feira (16), quando o Instituto DataM apareceu com uns números muito próximos de darem a reeleição a Edivaldo Holanda (PDT).

A desconfiança parte do bombardeio que está vindo de cima para baixo, ou seja, em vez de virar alvo de tiroteio, o prefeito mirou sua metralhadora de denúncias para tentar eliminar o segundo colocado, Wellington do Curso (PP), o que para muita gente é o sinal de que Edivaldo Holanda está sentindo o fogo queimar-lhe os pés ou então sentindo que chão está falhando. Resumindo: apesar da propaganda sobre esses números, Edivaldo está com medo de perder

Com 15% à frente do segundo colocado, com 62,9% dos entrevistados dizendo que ele vai ganhar a eleição e lembrado por 51,6% quando ao entrevistado não é apresentada a lista dos candidatos, o prefeito era para estar flauteando, evitando confronto com quem está praticamente derrotado, porém, estranhamente, parece que nem ele acredita nesses números.

Para o eleitor, a desgraceira disso é que a partir da próxima semana vai ser praticamente impossível manter as crianças em frente à TV no horário da propaganda eleitoral, pois vai ser baixaria total e o eleitor vai ser convidado a escolher não entre as melhores propostas, mas o menos corrupto, já que todos, sem exceção, têm coisas a serem reveladas, e a prevalecer a Lei de Newton de que para cada ação há uma reação, o prefeito que cuide de se municiar, e armar também veículos de comunicação e blogueiros que sustenta, para aguentar o tiroteio que ele iniciou. Vai ser triste, mas para quem não tem nada a ver com isso, divertido.

Nenhum comentário: