4 de set de 2016

Criticado por uns, senador Roberto Rocha é elogiado pelo empresariado por indicar diretor do Banco do Nordeste

GIRO ECONÔMICO

Criticado por alguns, principal militantes militantes e blogueiros alinhados a partidos que fazem a base do Governo do Estado, o senador Roberto Rocha (PSB) foi elogiado pela classe empresarial por sua indicação de um diretor do Banco do Nordeste (BNB), episódio que foi interpretado como troca de favor pelo voto a favor do impeachment da ex-presidente Dilma. Neste fim de semana, sete entidades que representam o setor produtivo maranhense publicaram nota de agradecimento por essa sua intermediação.

Associação Comercial, Associação dos Criadores, Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís, a Federação da Agricultura, a Federação das Associações Empresariais, Federação do Comércio e Federação das Indústrias assinam manifesto em que dizem receber, “com grande alento”, a indicação do senador Roberto Rocha do maranhense Antônio Rosendo Junior para o cargo de diretor de Negócios do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). Segundo a nota, “com essa grande conquista, o nosso estado espera ter maior acesso e melhores oportunidades aos vastos programas de desenvolvimento e aos créditos específicos desse banco oficial de fomento nordestino”.

Os empresários elogiam o senador pela sua atuação no Congresso Nacional. “Queremos agradecer o esforço do senador Roberto Rocha ao buscar, com ações no Senado Federal, soluções efetivas para melhorar as condições de vida dos maranhenses”, dizem. Segue abaixo a íntegra da nota:

NOTA DE AGRADECIMENTO
  • As entidades representativas do setor produtivo do Maranhão, a Associação Comercial do Maranhão-ACM, a Associação dos Criadores do Estado do Maranhão – ASCEM, a Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís-CDL/São Luís, a Federação da Agricultura do Estado do Maranhão-FAEMA, a Federação das Associações Empresariais do Maranhão-FAEM, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão-FECOMÉRCIO e a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão-FIEMA, recebem com grande alento a notícia de que, por indicação do senador Roberto Rocha, o maranhense Antônio Rosendo Junior assume a Diretoria de Negócios do Banco do Nordeste do Brasil.
  • Com essa grande conquista, o nosso estado espera ter maior acesso e melhores oportunidades aos vastos programas de desenvolvimento e aos créditos específicos desse banco oficial de fomento nordestino.
  • Ao lado das nossas naturais potencialidades econômicas, esta conquista proporcionará aos maranhenses, com certeza, as condições de empreender atividades econômicas de todos os portes na Agricultura, Pecuária, Indústria e no Comércio, beneficiando a população com o desenvolvimento econômico e social que tal decisão irá propiciar.
  • Pelo seu empenho, queremos agradecer o esforço do senador Roberto Rocha ao buscar, com ações no Senado Federal, soluções efetivas para melhorar as condições de vida dos maranhenses.
Bacabeira - Muitos empresários que investiram alto na compra de terrenos no município de Bacabeira para construção de edifícios residenciais e comerciais, mas estavam no desespero desde o anúncio do cancelamento do projeto da Refinaria Premium I, pois seus imóveis tiveram preço depreciado, voltaram a sorrir neste fim de semana depois do anúncio de que no município será construída uma siderúrgica com capital chinês, conforme contrato assinado com o presidente Michel Temer.

Faróis - São Luís tem as mesmas características de Brasília que justificaram a decisão da Justiça Federal do Distrito Federal que suspendeu a aplicação da lei que obriga os motoristas a usarem faróis acesos durante o dia nas estradas: é cortada por estradas estaduais e federais, o que causa uma grande confusão aos condutores, pois em alguns pontos basta uma pequena manobra para se sair de uma via urbana para se entrar numa MA ou mesmo numa BR, com o agravamento de que não há sinalização sobre isso.

Debate - As entidades empresariais realizam dia 14, no Centro de Convenções, debate com os três candidatos melhor pontuados para a eleição de São Luís. Se até lá forem mantidos os números dos institutos de pesquisa, os convidados são Edivaldo Holanda, Eliziane Gama e Wellington do Curso.







Rodrigo Feres (E), da NewShop, e Marco Aurélio Garcia, da Mardisa, encerram neste domingo, na revenda Mercedes Benz, no Calhau, o salão Auto Moto Náutica para venda de automóveis, motos e veículos náuticos


Transporte - Cerca de 43 mil toneladas de milho serão removidas, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), dos estoques armazenados no Mato Grosso para as unidades do Programa de Vendas em Balcão em todo o país. Dia 12 será realizado o leilão para contratação de serviços de transporte para a remoção do grão. O produto é destinado a criadores de aves, suínos e bovinos, além de cooperativas e indústrias de insumo para ração animal e indústrias de alimentação humana à base de milho.

Construção - A indústria da construção civil do Maranhão registrou queda do nível de atividade em julho na comparação ao mês anterior, segundo Sondagem da Indústria da Construção Civil do Maranhão, realizada entre 1 e 11 de agosto pela Federação das Indústrias. Os números mostram que o nível se encontra muito abaixo da linha divisória dos 50 pontos, marcando 34,4 pontos, assinalando uma queda de 5,6 pontos. O nível das médias e grandes empresas teve queda mais acentuada, de 6,3 pontos, fechando em 33,3 pontos.

Nenhum comentário: