4 de set de 2016

De Deodoro da Fonseca a Dilma Rousseff, Michel Temer é o oitavo vice a assumir a Presidência da República

Michel Temer foi vice de Dilma Rousseff, que foi afastada pelo Senado
Em seu artigo deste fim de semana, o ex-senador José Sarney recorda a ascensão de oito vices-presidentes ao comando da Nação, um deles, o próprio. Ao mencionar a efetivação de Michel Temer, Sarney se derrete em elogios e carrega nas críticas à herança deixada pelo PT, partido ao qual esteve aliados nas eleições de 2002, 2006 e 2010. 

"Penso o que deve estar na cabeça (de Temer), mas os problemas que ele herda são quase insolúveis e precisam de longo prazo para serem resolvidos", diz José Sarney.

Veja quem foram e como chegaram ao poder os vices-presidentes:

  • O primeiro vice a assumir a Presidência foi Floriano Peixoto, que rompeu com o proclamador da República, Deodoro da Fonseca; 
  • O segundo foi Nilo Peçanha, que concluiu o mandato de Afonso Pena; 
  • O terceiro, Delfim Moreira, sucedeu Rodrigo Alves, mas nem governava porque era louco; 
  • O quarto, foi Café Filho, empossado após o suicídio de Getúlio Vargas; 
  • O quinto, João Goulart, que assumiu no lugar de Jânio Quadros, e renunciou em 1964, precipitando o golpe militar; 
  • O sexto foi José Sarney, que assumiu desde os primeiros dias do governo Tancredo Neves, pois este nem chegou a tomar posse (adoeceu e morreu um mês depois);
  • O sétimo foi Itamar Franco, depois do impeachment de Fernando Collor; 
  • O oitavo, Michel Temer, foi efetivado quarta-feira (31 de agosto) após a conclusão pelo Senado do julgamento da ex-presidente Dilma.

Nenhum comentário: