28 de set de 2016

Em Caxias, Léo Coutinho imita Edivaldo Holanda, se ausenta de debates e pega fama de "candidato fujão"

Não é apenas em São Luís que os candidatos a prefeito que tentam a reeleição estão ganhando fama de "fujão" por evitarem encontro com seus adversários para debater propostas de governo.

Em Caxias, Léo Coutinho (PSB), a exemplo de Edivaldo Holanda Júnior, também não atende a esses convites.

A justificativa para fugir de mais esse debate foi o fato de não estar garantida a participação de membros do Ministério Público. O evento foi organizado pelo presidente da OAB caxiense, Augustinho Ribeiro Neto.

Marcado para segunda-feira (26), pela sub-seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), um debate com o prefeito e seu adversário, Fábio Gentil (PRB), deixou de ser realizado porque o pedetista não compareceu.

Indagado sobre a ausência do prefeito, Fábio Gentil disse não ter se surpreendido, pois Léo Coutinho teria medo de enfrentá-lo. 

Esta já é a segunda vez em que o prefeito de Caxias deixa de participar de debates organizado por entidades da sociedade civil em seu município, o que para a oposição é um prato para apresentá-lo ao eleitorado com inseguro e sem condições de justificar o seu governo.

(Com dados do Repasse Informativo, de Caxias-MA)

Nenhum comentário: