5 de set de 2016

Partido de Edivaldo Holanda Júnior apoiou a eleição de João Castelo e Estado e Prefeitura trabalhavam unidos

Jackson Lago e João Castelo: boa parceria entre o Estado e Prefeitura
Um dos discursos mais repetidos pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) em seu horário de propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV é a parceria firmada entre a Prefeitura e o Governo do Estado, firmada por ele e o governador Flávio Dino (PCdoB), quebrando uma velha tradição sobre a falta de entrosamento entre os dois governos. Convenhamos, já foi assim, principalmente depois de restabelecida a eleição direta, pois quase sempre o eleito para dirigir o município é opositor do governante do estado.

Vale lembrar, no entanto, que na gestão anterior, de João Castelo (PSDB), que o prefeito não cansa de acusar por haver deixando uma "herança maldita", a relação com o Palácio dos Leões não foi das piores, principalmente nos primeiros meses em que o governador era Jackson Lago, do partido de Edivaldo Holanda. Aliás, Jackson foi quem mais se esforçou para a derrota de Flávio Dino em 2008, aliando-se a Castelo, ignorando até que seu partido tinha um candidato, Clodomir Paz.

Às vésperas de deixar o cargo, por ter sido cassado pela Justiça Eleitoral, Jackson Lago assinou um convênio milionário com João Castelo, dinheiro que Roseana fez de tudo para reaver, mas em vão.
Isto significa dizer que se João Castelo foi tão ruim para a cidade, como insiste em dizer o prefeito atual, a culpa em grande parte é de seu partido, pois foi o PDT que bancou a campanha de Castelo, que recebeu todo o apoio do Palácio dos Leões depois de empossado, o que certamente teria continuado se não tivesse havido a cassação.

Vale recordar também que na eleição de 2010, o então partido de Edivaldo Holanda, o PTC (ele se converteu ao brizolismo este ano), apoiou Roseana Sarney, contra Flávio Dino e Jackson. É a história!

Nenhum comentário: