1 de set de 2016

Para blindar Dilma com cargo no governo do Maranhão, Flávio Dino poderia nomeá-la representante em Brasília

O governador Flávio Dino (PCdoB), caso seja verdadeira sua intenção de blindar a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) com um cargo no Governo do Maranhão, para que não seja alcançada pelo juiz federal Sérgio Mouro, o que seria uma obstrução da Justiça, deverá nomeá-la para a Secretaria de Representação do Estado no Distrito Federal, hoje ocupada por Ricardo Cappelli, um ilustre desconhecido dos maranhenses.
A notícia vem sendo especulada, em blogs locais e na imprensa nacional também, depois que Dilma perdeu o foro privilegiado, por deixar a Presidência da República com a aprovação do impeachment no Senado, mas manteve os direitos políticos preservados, podendo tanto disputar eleição quanto exercer função pública.

Muitos acreditam que ela possa ser blindada por um amigo governador, a exemplo do que tentou fazer com o antecessor Lula, que chegou a ser nomeado ministro chefe da Casa Civil, mas o Supremo Tribunal Federal cassou o ato, justamente por achar que o único objetivo era livrar o ex-presidente de uma possível prisão.

No campo das especulações - não desmentidas pelo Palácio dos Leões -, além de Flávio Dino, estaria pronto para blindar Dilma o também governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, que é do PT, portanto se o seu destino for o Maranhão, que o governador poderia lhe entregar a Secretaria do Distrito Federal. Ela ficaria na capital federal, recebendo bom salário e outras mordomias, sem muita agenda a cumprir.

Nenhum comentário: