31 de out de 2016

Cada voto recebido por Edivaldo Holanda Júnior para se reeleger teve um custo de R$ 2,27, segundo o TSE

Edivaldo Holanda Júnior gastou R$ 1,189 milhão para se reeleger prefeito
O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) conseguiu arrecadar em dinheiro quatro vezes mais que seu adversário, Eduardo Braide (PMN), para se reeleger prefeito de São Luís e gastou R$ 2,27 por cada um dos 524.979 votos recebidos neste domingo (30). É o que informa o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com base nas prestações de contas dos dois candidatos.

De acordo com as informações prestadas à Justiça Eleitoral, Edivaldo Holanda arrecadou R$ 1 milhão 313,3 mil, enquanto Eduardo Braide arrecadou R$ 171 mil. Do dinheiro arrecadado, Edivaldo gastou R$ 1 milhão 189 mil 419, ficando com um saldo em caixa de R$ 123 mil 881.  Já o candidato do PMN gastou R$ 290 mil 829, estando, portanto, com um saldo negativo de R$ 119 mil 829.

Pelos cálculos do TSE, como obteve 524 mil 979 votos, o custo de cada voto para Edivaldo Holanda foi R$ 2,27, enquanto para Eduardo Braide, que ficou 355 mil 632 votos, cada voto custou R$ 0,82.

Veja na tabela abaixo quanto custou a campanha dos candidatos que disputaram o segundo turno nas capitais:
capitais-prestacaodecontas-31out2016

Nenhum comentário: