18 de out de 2016

No Conselho de Medicina, deputado Eduardo Braide critica blogueiros que difamam para acharcar pessoas

A nova polêmica envolvendo o deputado Eduardo Braide (PMN), candidato a prefeito de São Luís, agora por conta de uma declaração sobre blogueiros, feita no Conselho Regional de Medicina, deu-se quando ele respondeu a uma pergunta do médico Ubirany Nascimento, que, dentre outros coisas, quis saber sobre a nomeação de Fabiano Bezerra em seu gabinete (do deputado) na Assembleia Legislativa. Fabiano foi preso pela Polícia Federal por envolvimento num esquema para desvio de dinheiro da Prefeitura de Anajatuba.

Segundo Eduardo, Fabiano era do quadro de servidores do Legislativo e aproveitou para trabalhar em seu gabinete, mas isto no primeiro mandato, sendo que quando explodiu o escândalo, ele há mais de um ano havia sido dispensado. Ano passado, por erro da Assembleia, ele teria sido nomeado novamente, o que foi corrigido após reclamação do próprio parlamentar.

Dada a explicação, Braide disse que um blogueiro (não citou o nome), por maldade, explorou o fato, tentando associá-lo ao escândalo de Anajatuba, e como não fez o reparo o caso foi levado à Justiça. "Hoje mesmo, na frente do juiz, esse blogueiro estava implorando perdão", disse o deputado, que não parece disposto a perdoar, pois anunciou que o dinheiro da indenização pedida, R$ 60 mil, será doado ao Hospital Aldenora Belo.

Em seguida, o deputado aconselhou os médicos a adotarem o mesmo procedimento seu, pois acompanha notícias sensacionalistas em blogs com tentativas de difamar e caluniar esse profissionais da Saúde. Segundo ele, se isto fosse feito não haveria mais blogueiros na cidade usando da tática de difamar para extorquir pessoas, ou seja, não generalizou, apenas condenou os que se utilizam desse expediente para acharcar pessoas, isto é, tenta ganhar dinheiro pela ameaça.

Segundo Eduardo Braide, todos que ofenderam sua honra vão responder na Justiça.

Nenhum comentário: