3 de out de 2016

Parceria da Conab com o Ministério do Meio Ambiente fortalece atividades de extrativistas

GIRO ECONÔMICO

Parceria firmada entre a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e o Ministério do Meio Ambiente (MMA) vai permitir maior acesso, fortalecimento e ampliação da Política de Garantia de Preços Mínimos para a Sociobiodiversidade (PGPM-Bio). O Termo de Execução Descentralizada (TED), publicado quarta-feira (28) no Diário Oficial da União, prevê o repasse de R$ 346 mil à Conab, para pagamento de subvenções a mais famílias e para estruturação das cadeias produtivas. 

Os recursos também serão aplicados em capacitação técnica dos produtores extrativistas. A PGPM-Bio garante preço mínimo para 15 produtos da sociobiodiversidade. Os extrativistas recebem uma subvenção direta quando comprovam a venda do produto extrativo por preço inferior ao mínimo fixado pelo governo federal.

A política está presente em mais de 100 municípios de 12 estados, englobando produtos como açaí, andiroba, babaçu, baru, borracha, cacau, castanha, carnaúba, juçara, macaúba, mangaba, pequi, piaçava, pinhão e umbu. 

Arroz - Mais 25,7 mil toneladas de arroz foram vendidas, sexta-feira (30), em leilões da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O produto está estocado em armazéns de Santa Vitória do Palmar, São Borja, Pelotas e Capivari do Sul, no Rio Grande do Sul. As ofertas de arroz fazem parte da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), em que a Conab compra o produto quando o seu valor está abaixo do mínimo e o devolve ao mercado quando está acima do preço de liberação dos estoques públicos. 

Diretor - Eleitos neste domingo (02), os 31 vereadores de São Luís têm um grande desafio para ser encarado logo no começo de 2017: pressionar o Poder Executivo para que mande à Câmara Municipal os projetos do Plano Diretor do Município e de atualização da Leia de Zoneamento e Ocupação do Solo Urbano, que há mais de dez anos estão em elaboração no Instituto da Cidade. Sem isso, é praticamente impossível pensar em desenvolvimento, pois as indefinições inibem novos investimentos na cidade.

Bancários - Passadas as eleições, bancários e banqueiros voltaram à mesa de negociação nesta segunda-feira (03), mas não houve um entendimento e os serviços nos bancos continuam suspensos, ou seja, a greve está mantida.







Premiados na festa dos 17 anos do PDF, José Braz (NBR), Edimilson Pires (Marka Engenharia), Franklin Nazareno (Elétrica Visão) e Nivaldo Oliveira Júnior (Selava), Darci Fontes (Fonmart)



Ascem - Será realizada nesta segunda-feira (03), a partir das 19h, a primeira reunião da Associação dos Criadores do Maranhão (Ascem) em seu novo endereço, na Rua das Dunas, no Calhau, próxima ao restaurante Armazém do Chef. O presidente, Ivaldeci Mendonça, vai apresentar um plano de ação com base no que ouviu de sugestões na passada. Dentre as inovações que pretende implantar, está a abertura da entidade para empresas de outros segmentos da cadeia produtiva da pecuária.

Selos - A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBC) recebe, até 30 de novembro, sugestões de temas para os selos que serão emitidos nos anos de 2018 e 2019. Desde 2000, quando foi lançado o programa “Sua ideia pode virar selo”, os Correios têm recebido, em média, 1.300 sugestões por ano, a maioria delas destacando personalidades e datas comemorativas. Além desses, temas como cultura popular, fauna, flora, meio ambiente e turismo também podem ser sugeridos.

Nenhum comentário: