25 de nov de 2016

Advogado de Roseana Sarney e Edison Lobão disse que arquivamento de inquérito na Lava Jato chegou tarde

Após o arquivamento do inquérito contra a ex-governadora Roseana Sarney e o senador Edison Lobão na Lava Jato, por decisão do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay (foto), comemorou e disse que, desde o começo das investigações, a ex-governadora sempre se colocou à disposição para prestar esclarecimentos.

“Esse arquivamento, embora tardio, resgata, nesse ponto de vista, a verdade. Para Roseana, que ficou sendo investigada desnecessariamente, é uma vitória. Este era o único inquérito em que Roseana era investigada. Embora a demora nas investigações tenha causado um enorme prejuízo pessoal e político, para Roseana a Lava Jato é uma página do passado”, disse o advogado.

Ao pedir o arquivamento do inquérito, o Procurador-Geral da Repúblico, Rodrigo Janot, disse que não há provas para justificar o prosseguimento da investigação. “Considerando o amplo espectro de diligências já realizadas, a partir das informações existentes a respeito dos fatos aqui versados, não se vislumbra outras medidas que pudessem ser adotadas, neste momento, para coleta de elementos probatórios visando ao esclarecimento hipóteses levantadas”, disse.

Nenhum comentário: