29 de nov de 2016

Autoridades colombianas falam em 75 motos no acidente com o avião da Chapecoense. Mário Sérgio estava a bordo

Mais de oitenta pessoas, entre passageiros e tripulantes estavam a bordo do avião que transportava o time da Chapecoense para a cidade de Medelín, onde jogaria a primeira partida da final do Sul-Americana, contra o Atlético Nacional.

Dentre os passageiros, muitos jornalistas de diversos veículos que iam fazer a cobertura da partida. A Fox Sports estava com uma equipe completa e dentre os profissionais o ex-jogador Mário Sérgio (foto), que é comentarista da emissora. 

As autoridades colombianas falam em 75 mortos, segundo informou uma emissora de rádio da Colômbia e que está sendo repercutido por veículos do Brasil: rádio, televisão, sites etc.

O avião de matrícula CP2933 transportava 81 pessoas; entre tripulação, jogadores, comissão técnica, diretoria e jornalistas. A delegação brasileira viajava rumo a Medellín, cidade na qual a Chapecoense iniciaria nesta quarta-feira a briga pelo primeiro título continental diante do Atlético Nacional.

A Aerocivil colombiana também se pronunciou sobre o acidente. "Uma aeronave procedente da Bolívia, da empresa Lamia e com matrícula SP2933 RJ 80, se acidentou em Cerro El Gordo (...), com 72 passageiros, da equipe Chapecoense (Brasil), e 9 tripulantes a bordo", emitiu, em nota, a organização.

Nenhum comentário: