14 de nov de 2016

Reviravolta do caso de Mariana Costa: cunhado é o principal suspeito do assassinato ocorrido neste domingo

Cunhado de Mariana Costa, 33 anos, que foi morta na noite deste domingo, no interior de seu apartamento, Lucas Porto figura como principal suspeito da prática do crime. Ele já foi detido e autuado em flagrante, depois de verificadas suas imagens nas gravações das câmaras do condomínio em que a vítima residia. As motivações ainda não foram reveladas pela polícia.

Mariana foi encontrada asfixiada em seu leito pelas filhas menor de idade, na noite deste domingo, e ainda chegou a ser levada ao Hospital São Domingos, onde chegou sem vida. O primeiro suspeito foi o marido, Marcos Renato, filho do agropecuarista José Renato, proprietário do Laticínio São José.

A polícia depois verificou que Lucas Porto, casado com a irmã de Mariana, entrou no edifício, pelo elevador, e desceu pelas escadas, tendo depois falado ao telefone por vários minutos com uma pessoa que ainda não teve o nome revelado. Lucas foi autuado em flagrante após prestar depoimento contraditório e negar o que as câmaras registraram.

Mariana era filha do ex-deputado Sarney Neto, filho de Evandro Sarney, irmão do ex-senador e ex-presidente da República José Sarney (PMDB-AP).



Nenhum comentário: