3 de nov de 2016

Senar abre inscrições para mais uma edição do ABC Cerrado desenvolvida com apoio do Banco Mundial

GIRO ECONÔMICO

Estão abertas as pré-inscrições ao processo de mobilização do Projeto ABC Cerrado, ação conjunta do Ministério da Agricultura, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). O ABC Cerrado conta com US$ 10,6 milhões do Programa de Investimentos em Florestas (FIP, sigla em inglês), do Banco Mundial, verba destinada à disseminação de práticas de agricultura de baixa emissão de carbono e à sensibilização do produtor para que invista na sua propriedade de forma a ter retorno econômico, preservando o meio ambiente.

O Senar é o órgão responsável pela formação profissional dos produtores, pela capacitação de instrutores e pelo treinamento dos técnicos que atuarão na assistência técnica e gerencial. As capacitações têm foco em quatro tecnologias ABC: Recuperação de Pastagens Degradadas, Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, Sistema Plantio Direto; e Florestas Plantadas.

O projeto está sendo desenvolvido em oito unidades da Federação do bioma Cerrado: Bahia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Tocantins, Maranhão e Piauí. 

Cachaça - O Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) aprovou o regulamento de uso da indicação geográfica (IG) da cachaça, no último dia 27. O texto ainda vai ser publicado no Diário Oficial da União. A IG da bebida foi criada por meio do Decreto Presidencial n° 4.062 de 2001. Ele estabelece que as expressões “cachaça”, “Brasil” e “cachaça do Brasil” somente sejam usadas pelos produtores estabelecidos no país. Mas até agora não havia regulamentação.

Mundial Art - Foi aberta nesta quarta-feira (02) e se estande até 15 de novembro, no Espaço Renascença, a Feira Internacional de Artesanato, Moda e Decoração - Mundial Art, promovida pela Associação do Bem Estar de Artesãos Cearenses, com participação de expositores do Amazonas, Acre, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Roraima, Rio Grande do Sul, Rondônia e Santa Catarina, além de 20 países: Paquistão, Peru, Índia, China, Japão, África do Sul, Tailândia, Marrocos, Coreia, Colômbia e Guiana Francesa.

Pesquisa - A Federação do Comércio divulga nesta quinta-feira (03) números da pesquisa por ela realizada sobre as perspectivas de vendas no comércio local para as festas de Natal e Ano Novo.






O presidente da Fiema, Edilson Baldez, fez a entrega da comenda Mérito Amazônico, ao presidente da Fiepa, José Conrado, em solenidade realizada em Belém (PA)



Portos - Com uma movimentação de 9,6 milhões de toneladas no primeiro trimestre deste ano, o Porto do Itaqui, administrado pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), ocupa o sexto lugar no ranking da Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq), atrás de Santos (SP), Itaguaí (RJ), Paranaguá (PR), Rio Grande (RS) e Suape (PE). Já o da Ponta da Madeira, pertencente à mineradora Vale, com um volume de 69,2 milhões de toneladas ocupa o primeiro lugar entre os terminais privados.

Amazônico - O presidente da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), Edilson Baldez, representou o presidente da CNI, Robson Braga, em Belém, na entrega da comenda “Ordem do Mérito Amazônico Danilo Remor”, ao presidente da Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa), José Conrado, pelo trabalho desenvolvido pela Ação Pró-Amazônia, formada pelas Federações de Indústrias dos Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Nenhum comentário: