22 de nov de 2016

Superintendente do Banco do Brasil vai à Assembleia Legislativa explicar fechamento de agências no Maranhão


O superintendente do Banco do Brasil no Maranhão, Ingo Kobarg Júnior (foto), vai à Assembleia Legislativa, na próxima terça-feira (29), para prestar esclarecimentos sobre o fechamento de agências bancárias no estado. A informação é do deputado Max Barros (PRP), autor do requerimento para essa audiência.

O Banco do Brasil anunciou que o Maranhão vai perder 13 agências, em 2017, e, ainda, pretende aposentar 248 funcionários em todo o estado. O processo de reorganização é nacional e visa a uma economia anual na ordem de R$ 750 milhões. 

Em São Luís, vão ser fechadas as agências do Anjo da Guarda, Jaracati, Praça Deodoro e Hospital Materno Infantil, e as dos bairros Alemanha e Anil serão transformadas em postos de atendimento. No interior do estado, serão fechadas agências de Açailândia (Parque das Nações) e em Imperatriz (Praça da Cultura). Serão transformadas em postos de atendimento as agências de Amarante do Maranhão, Itinga, Lima Campos, Matões, Olho d’Água das Cunhãs, Parnarama. 


Nenhum comentário: