19 de nov de 2016

"Vai faltar cadeia para botar prefeitos", alerta presidente da Famem, Gil Cutrim, sobre ações do Ministério Público

GIRO ECONÔMICO

O presidente da Federação dos Municípios (Famem), Gil Cutrim, que é prefeito de São José de Ribamar, fez um apelo ao Ministério Público, quinta-feira à noite, na Federação das Indústrias (Fiema), ao discursar na abertura do Seminário Novos Gestores – Transição Municipal e Início do Governo, para que algumas ações com vistas a garantias de direitos da população levem em conta as condições financeiras das prefeituras, que muitas das vezes são pegas de surpresa com determinações judiciais para cobrir despesas com saúde, meio-ambiente, contratação de pessoal etc, sem que esses gastos estejam previstos no orçamento municipal e o mais grave são as ameaças de prisão e cassação de mandatos. 

“A continuar assim, daqui a pouco faltará presídio para prefeitos”, exagerou o prefeito, ao se referir ao número de ações que são ajuizadas contra os gestores municipais.

Não bastassem as obrigações de fazer, os prefeitos ainda são punidos com multas por dia de atraso no cumprimento da ordem, porém quem acaba pagando essa conta é a população, já que o pagamento é feito com dinheiro público. 

Supermercadistas - A Associação Maranhense de Supermercados (Amasp) realiza neste sábado (18), na Fábrika de Eventos, no Olho d´Água, a tradicional premiação Carrinho de Ouro, aos melhores fornecedores dos supermercadistas: industriais, atacadistas, representantes comerciais etc. O evento comemora a passagem do Dia do Supermercadista (12 de novembro) e encerra a programação da IV Mostra de Produtos e Serviços do Maranhão, encerrada nesta sexta com apresentação de um case de sucesso pelo empresário Ilson Mateus.

Filafônica - O presidente da Federação dos Municípios (Famem), Gil Cutrim, errou três vezes o nome do presidente da Federação das Indústrias, Edilson Baldez, quinta-feira à noite, na abertura do Seminário Novos Gestores – Transição Municipal e Início do Governo, realizado na Fiema. Ao mencionar o “grande amigo”, o chamou de “Edmilson” Baldez. Pior foi quando elogiou uma das maiores iniciativas da Fiema no campo cultural, pois a Orquestra Filarmônica Erasmo Baldez virou uma orquestra “filafônica”. Que coisa!

Moto - Apesar de sua paixão pelo Moto Club, do qual sua empresa é patrocinadora, Joaquim Neto, da Jeová Barbosa Engenharia, não cogita colocar seu nome para presidi-lo. Segundo ele, futebol é uma área muito complicada e já tem problemas demais para resolver.








No encontro da Famem, quinta-feira, na Federação das Indústrias (Fiema), o deputado Pedro Fernandes (PTB) ladeado pelo presidente da Famem, Gil Cutrim (E), e Cleomar Tema, pré-candidato a presidente da entidade



CPMF - O deputado federal Pedro Fernandes (PTB) declarou nesta quinta-feira (17), ao discursar no seminário promovido pela Federação dos Municípios (Famem) sobre gestão municipal, voltado para prefeitos atuais, eleitos e reeleitos, que votará pela aprovação da CPMF quando este tema retornar ao Congresso. Ele disse que, apesar dos protestos de empresários e até mesmo de alguns políticos, o imposto é necessário para que os estados e as prefeituras possam garantir melhoria na área de saúde.

Energia - O presidente Michel Temer sancionou a Lei 13.360, que trata de alterações em regras do setor elétrico. A medida foi publicada ontem no Diário Oficial da União. O presidente vetou 17 itens da lei. Um dos itens vetados é o que previa a criação de um programa de modernização para implantar novas termelétricas movidas a carvão mineral no país. O veto foi um pedido do Ministério do Meio Ambiente. Também foi vetada a emenda que previa manutenção ou alocação de empregados das distribuidoras que forem privatizadas.




Nenhum comentário: