5 de dez de 2016

Academia Maranhense de Letras vai prestar homenagem ao poeta Ferreira Gullar, falecido neste domingo

A Academia Maranhense de Letras realizará, em data ainda a ser definida, uma sessão especial para homenagear o poeta Ferreira Gullar, falecido neste domingo (04), no Rio de Janeiro. Os dias de reunião da AML, também conhecida como Casa de Antônio, são as quintas-feiras, porém a próxima cairá no dia 08, feriado municipal de Nossa Senhora da Conceição, portanto, o mais provável é que isto ocorra somente na próxima semana.

De acordo com o presidente da Academia, jornalista Benedito Buzar, mesmo não pertencendo aos quadros da instituição, Gullar é merecedor de todas as homenagens que a Casa possa realizar em sua memória. Trata-se, afinal de contas, "do nome mais expressivo da poesia nacional na atualidade", diz Buzar, acrescentando que é um dos maranhenses mais admirados no campo das letras. Isto faz de alvo de homagens da intelectualidade, da classe política e dos outros segmentos sociais.

Ferreira Gullar, apesar das insistências dos acadêmicos maranhenses, nunca quis integrar o quadro dos imortais, resistência que fez também em relação à Academia Brasileira de Letras (ABL), da qual só passou a fazer parte em 2014, apesar de vir sendo convidados desde os anos 1960.


Nenhum comentário: