11 de dez de 2016

Após uma hora de conversa com Flávio Dino, jornalista conclui que governador é mais liberal do que comunista

Flávio Dino: no palanque, o discurso comunistas, mas no governo é um liberal
Após uma entrevista de mais de uma hora com Flávio Dino (PCdoB), o único governador brasileiro já eleito com uma pregação comunista, o jornalista Luís Artur Nogueira, da revista Istoé Dinheiro, não teve dúvidas: no governo do Maranhão, "as ideias liberais têm mais espaço do que as propostas comunistas".

Dentre as revelações do governador maranhense que lhe dão esta convicção, Artur Nogueira destacou a resposta dada quando o indagou sobre sua relação com os detentores do capital privado: “Converso com os maiores empresários do Estado. Eles são meus amigos (risos)", ou seja, ao contrário do que um governo do PCdoB poderia indicar, o capital privado é bem-vindo.

O jornalista destaca ainda que, "embora seja um crítico do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), Dino é pragmático ao analisar os desafios do governo Michel Temer. Ele defende a necessidade do ajuste fiscal, mas diz que a política econômica não pode ser “um samba de uma nota só”. 

Na entrevista, ao analisar a crise dos estados, o governador salientou que há realidades muito diferentes nos quatro cantos do País, o que torna injusta qualquer tentativa de se igualar os ajustes estaduais. “Eu, por exemplo, dei reajuste zero aos servidores neste ano”, disse ele.


Nenhum comentário: