23 de dez de 2016

Conselho Monetário autoriza refinanciamento de crédito rural pelo Programa Sustentação do Investimento

GIRO ECONÔMICO

O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou o refinanciamento de parcelas vencidas e a vencer de operações de crédito rural feitas por meio do Programa de Sustentação do Investimento (PSI). Em julho, o colegiado havia autorizado renegociação apenas de parcelas a vencer. Agora, é possível negociar as vencidas, desde que as prestações a vencer também sejam incluídas. 

Com a medida, o Ministério da Fazenda espera reduzir em R$ 630 milhões o gasto primário nos próximos anos, sendo R$ 297 milhões até 2018. Desse montante, haveria economia de R$ 113 milhões ainda em 2017 e de R$ 184 milhões em 2018. Segundo a Fazenda, a decisão possibilita melhorar a situação dos tomadores de empréstimo sem comprometer o ajuste fiscal do governo federal.

O refinanciamento não tem previsão de equalização (subsídio) por parte da Secretaria do Tesouro Nacional. Na prática, portanto, todo o saldo devedor deixará de ter subvenção do Tesouro caso os devedores optem pela renegociação.

Amasp - Está marcado para 20 de janeiro a solenidade para troca de comando na Associação Maranhense de Supermercados (Amasp), onde o empresário João Sampaio Magalhães passará a presidência a Ilson Mateus, que foi eleito no mês de novembro numa eleição consensual. O grande desafio do novo presidente é fortalecer o setor varejista através de parcerias com o poder público e pela parceria com as demais instituições de representação do empresariado, bem como os órgãos de fomento: bancos, Sebrae etc.

Financiamento - A Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) definiu, para 2017, um orçamento de R$ 21 bilhões para o Fundo Constitucional do Nordeste (FNE), devendo R$ 6,3 bilhões serem destinados a financiamento de projetos estratégicos de grande porte, como os de infraestrutura, incluindo energia renovável, bem como a criação do programa FNE Semente, cujo objetivo é apoiar a implantação de Startups, fomentando o empreendedorismo e projetos com alto potencial de crescimento na região.

Férias - Logo após as comemorações do ano novo, Flávio Dino embarca para o exterior, a fim de passar férias. Conforme mensagem enviada à Assembleia Legislativa, ele ficará ausente do estado de 03 a 11 de janeiro, período em que o vice Carlos Brandão exercerá o cargo de chefe do Executivo.



O ex-senador Mauro Fecury recepcionou o ex-presidente José Sarney ao Uniceuma do Renascença, quarta-feira (21), onde conheceu os equipamentos do Curso de Medicina. Sarney disse que conhece a universidade desde o nascimento e vê com satisfação seu crescimento


Saúde - Dos programas sociais desenvolvidos ao longo de 2016 pelo Sistema Federação da Agricultura, o que mais dá orgulho ao presidente Raimundo Coelho é que leva ações de saúde aos homens e mulheres do campo. Este ano, foram realizados 15 mutirões de pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em parceria com prefeituras municipais e sindicatos de produtores rurais, com 807 exames sobre câncer de próstata pra eles e 1.200 preventivos do câncer do colo de útero (Papanicolau) para elas.

Infraestrutura - O prefeito eleito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, comemora os investimentos do governo do estado na região dos Lençóis Maranhenses, pois confirmam a correção dos projetos que elaborou, já que todos foram elaborados quando era secretário estadual de Infraestrutura, inclusive a ponte sobre o rio da Fome, em Paulino Neves, e a rodovia desta cidade a Barreirinhas, que está sendo executada pela Ômega como compensação pelos impactos ambientais de seu projeto de energia eólica.

Nenhum comentário: