3 de dez de 2016

Edivaldo Holanda e Canindé Barros fazem marketing pessoal com ônibus que são comprados pelas empresas

Empresários investem na renovação da frota de ônibus, mas Prefeitura passa
para a população a ideia de que o benefício é do poder público municipal
Um dos empresários que participaram nesta sexta-feira (02), na Praça Maria Aragão, da entrega de nove novos ônibus para o Sistema de Transporte Coletivo de São Luís, não se conteve quando percebeu que todo o cerimonial montado pela Prefeitura para a solenidade foi no sentido de que apenas o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e o secretário municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros, aparecessem como protagonistas deste benefício para a população, embora o Município não invista um centavo sequer na renovação da frota.

Prefeito Edivaldo Holanda (E), vereador Ivaldo Rodrigues (C) e o secretário
Canindé Barros entregando ônibus comprado pelos empresários de transporte
De fato, pelas contas do secretário Canindé Barros, 165 novos ônibus (sendo 14 articulados) já foram colocados em circulação desde a realização do processo licitatório para concessão das linhas. Considerando-se que um ônibus comum custa em média R$ 350 mil e um articulado, R$ 750 mil, as empresas já investiram cerca de R$ 70 milhões na renovação da frota, mas em nenhuma das entrega desses veículos foi feito sequer menção aos empresários que estão fazendo o investimento, tampouco à entidade que os representa, o Sindicato das Empresas de Transporte de São Luís (SET), uma descortesia sem tamanho, já que a Prefeitura é apenas concessionária.

Vale ressaltar que, mesmo procurando passar para a população a ideia de que a renovação da frota é uma iniciativa do poder público, nem mesmo garantia do seu patrimônio é dada às empresas, que estão sempre expostas a depredações e incêndios de seus veículos, que não são segurado porque nenhum operadora aceita esse tipo de contrato devido ao alto risco. "Quando tocam fogo, a ´sócia` Prefeitura nunca aparece para dividir os prejuízos, mas quando nós entregamos os ônibus, somente ela aparece", desabafou o empresário.

Nenhum comentário: