3 de dez de 2016

Eduardo Braide diz que vai questionar na Justiça abusos econômico e político na reeleição de Edivaldo Holanda

Eduardo Braide vai pede reparação também pelas ofensas à sua pessoa
O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) está se municiando de dados sobre a eleição municipal de São Luís, realizada em outubro e da qual saiu derrotado, a fim de questionar a reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). O anúncio foi feito nesta sexta-feira (02) ao conceder entrevista aos jornalistas Ailton Nunes e Diego Emir, no programa "Fala, Maranhão", levado ao ar, de segunda a sexta-feira, das 17h às 19h, na Rádio Capital AM.

Embora esta tenha sido a primeira vez que tratou do assunto publicamente, o prefeito já havia constituído um grupo de advogados para levantar todas as denúncias que chegaram ao seu conhecimento, bem como aquilo que foi presenciado pela população, em termos de abuso de poder econômico e político, para formalizar suas denúncias. A interlocutores, Braide tem dito que pode até não ser bem sucedido em São Luís, mas está confiante de que sua representação no TSE será acolhida, tantas são as provas de irregularidades.

O deputado disse que há muito não se assistia no Maranhão uma eleição tão viciada quanto esta de 2016, em que os governos do estado e a prefeitura municipal, despudoradamente, usaram todas as suas estruturas para derrotar um adversário. Não bastasse o uso da máquinas pública, com obras, anúncios de novos serviços, propaganda indireta etc, a parceria entre o prefeito e o governador Flávio Dino patrocinou também jornalistas, blogueiros e veículos de comunicação não para difundir a campanha do candidato do PDT, mas tão somente para desconstruir do a imagem do adversário.

Eduardo Braide informou ainda que está movendo ações contra todos os seus detratores. Alguns já estão condenados na área Cível e outros aguardam pronunciamento da Justiça na área criminal. Segundo o deputado, estas ações servem para que aqueles que o ofenderam em colunas de jornal, programas de rádio e TV, blogs e pelas redes sociais tenham a oportunidade de provar tudo o que disseram a seu respeito e de seus familiares

Nenhum comentário: