4 de dez de 2016

Empresas de ônibus já investiram cerca de R$ 70 milhões para renovar a frota do transporte coletivo de São Luís

GIRO ECONÔMICO

Desde que foi realizada a licitação no transporte público de São Luís, as empresas que operam o serviço já investiram cerca de R$ 70 milhões com aquisição de novos ônibus, sendo 151 comuns, ao custo médio de R$ 350 mil, e 14 articulados, que custam no mínimo R$ 750 mil. O Consórcio Upaon-Açu, formado pelas empresas Aroeira, Viper Transportes, Rio Negro, Autoviária Matos, Pontual e Viação Abreu, foi um dos que mais investiram, pois de uma meta de 36 novos carros para 2016, já entregou 51, segundo informação de Alex Lima (foto), da Aroeira. 

De acordo com o secretário municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros, a meta é substituir toda a frota, composta por 900 ônibus, em seis anos, com a entrega de cem novos ônibus, todos eles com ar-condicionado, por ano.

Só existe um porém: esses veículos não são segurados, pois nenhuma operadora faz esse tipo de contrato, devido ao alto risco, já que qualquer manifestação, independentemente da motivação, há depredações e até incêndios de ônibus.

Nordeste - O empresário Luiz Fernando Renner participou semana passada, em Brasília (DF), da primeira reunião do Grupo de Trabalho do Ministério da Integração Nacional em favor do desenvolvimento do Nordeste, do qual é representante da Federação das Indústrias do Maranhão. Na reunião de instalação do grupo de trabalho, presidida pelo ministro da Helder Barbalho, foram levantados os principais gargalos para o desenvolvimento da região, temas que terão suas soluções debatidas com profundidade a partir de 2017.

Eleição - Todas as atenções no meio empresarial estão voltadas para o Palácio do Comércio, sede da Associação Comercial do Maranhão, que realiza nesta quarta-feira (07) eleição para escolha do novo presidente. Duas chapas foram inscritas, a Tradição e Inovação, encabeçada por Felipe Mussalém (Grupo Santa Fé), Atitude em Movimento, liderada por Vicente Araújo (Grupo Araújo). A votação será das 08h às 18h e o eleito assume o cargo a partir do dia 1º de janeiro, conforme o estatuto da entidade.

Mateus - Estão a pleno vapor as obras de construção da nova loja do Mateus Supermercados, no bairro do Renascença, cuja inauguração está prevista para sexta-feira (09). Ainda este mês, a empresa deve inaugurar mais duas lojas no Pará, em Castanhal e Belém. 






Benedito Mendes Júnior (E), presidente do Sindicato da Indústria Cerâmica, e Edilson Baldez, presidente da Federação das Indústrias, foram distinguidos, segunda-feira (28 de novembro), pela CNI, com a Ordem do Mérito Amazônico


Benefício - As 39.244 pessoas no Maranhão que tiveram o Bolsa Família bloqueado pelo Ministério do Desenvolvimento Social vão continuar recebendo o Bolsa Escola, que é uma espécie de 13ª parcela, esta paga pelo Governo do Estado para compra de material escolar. Dos benefícios bloqueados, 22.705 estão cancelados, pois eram recebidos de forma indevida, mas vão continuar tendo direito à contribuição estadual, até a atualização do cadastro, segundo o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista.

Odebrecht - O prefeito eleito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, sabe que não vai ser fácil romper o contrato firmado com a Odebrecht Ambiental para fornecimento de água e coleta de esgoto, pois o prazo de exclusividade para ela é de 35 anos, tanto no seu município quanto em Paço do Lumiar, mas diz que vai abrir negociações com vistas a garantir serviço de qualidade e aplicação de preço justo, já que boa parte da população se sente penalizada pelos valores das tarifas, bem mais elevadas que as da Caema.

Nenhum comentário: