26 de dez de 2016

Rodrigo Ramos deixa Sampaio, por problemas familiares, mas pode jogar pelo Imperatriz ou por um time do Goiás

Alegando problemas de ordem familiar - o sogro estaria enfrentando grave enfermidade - o goleiro Rodrigos Ramos decidiu cancelar o contrato recém-renovado com o Sampaio Corrêa para a temporada 2017. O atleta, que já se encontra em Imperatriz, onde a esposa pretende permanecer para ficar mais próxima do pai, disse em entrevista ao programa Ponto Final da Mirante AM, nesta segunda-feira (26), que não houve nenhum problema interno que o fizesse desistir de continuar defendendo o Sampaio, clube para o qual retornou este ano a fim de disputar a Série B depois de ter sido campeão maranhense pelo Moto.

Apesar dos problemas de saúde de familiares, o goleiro deixou claro que não vai deixar de jogar futebol, devendo assinar contrato com o time do Imperatriz ou de um outro time do Goiás, ou seja, não pode ficar distante do sogro atuando em São Luís, mas a distância de Goiânia para Imperatriz não seria problema.

Rodrigo Ramos é um dos maiores ídolos da torcida do Sampaio, clube do qual se afastou em 2015 quando assinou contrato com o Nacional do Amazonas. Este ano, retornou ao Maranhão, mas para surpresa de muitos foi contratado pelo rival do Sampaio, o Moto, mas saiu da equipe quando todos imaginavam que iria defendê-la na Série D do Campeonato Brasileiro após ter sido campeão estadual.

Este ano, ele disse que o grande objetivo era manter o Sampaio na Série B ou até mesmo ascender para a Série A, mas o clube foi rebaixado para a Série C. Na entrevista, ele agradeceu o apoio recebido tanto da diretoria do clube quanto da torcida, mas lamenta não poder continuar fazendo parte da equipe.

Nenhum comentário: