30 de jan de 2017

Governo do Maranhão pode estimular vendas de veículos com financiamentos bancários nos estados vizinhos

O comércio de veículos no Maranhão, que ano passado teve uma queda de 21,59% na comparação com 2015, segundo números da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotivos (Fenabrave), tende a diminuir mais ainda em 2017, se até o dia 15 de fevereiro não houver o fim do impasse entre as instituições financeiras e a Infosolo Informática, empresa terceirizada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para registro de contratos de financiamento.

O motivo da disputa é o preço arbitrado pela empresa para o cadastro eletrônico de cada contrato de financiamento, no valor de R$ 300,00, que antes custava R$ 92,00, quando a prestadora do serviço era outra.

Segundo o diretor de uma das maiores revendas de motocicletas do estado, os bancos dizem ter uma recomendação da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) para não firmar contrato com a empresa, por uma vários problemas já levantados que não dariam segurança às instituições financeiras, ou seja, pode ser que até dia 15 o problema não esteja resolvido e as vendas a crédito sejam suspensas.

Um dos maiores temores dos revendedores de autos é que a partir do próximo mês o Maranhão possa estar transferindo para os estados vizinhos as vendas de veículos, pois se nos Detrans mais próximos a Infosolo não for a credenciada e os bancos estiveram desobrigados de pagar taxas nesse valor, muita gente vai optar por comprar fora, onde o financiamento será garantido, como é o caso de quem reside em Caxias, Timon, Coelho Neto, Matões, Duque Bacelar e outros, pela proximidade com Teresina (PI); de Chapadinha, São Bernardo, Tutóia, Santa Quitéria e outros próximos de Parnaíba; de Imperatriz, Porto Franco, Estreito, Carolina, que estão na divisa com o Tocantins; Cândido Mendes, Itinga, Açailândia e demais próximos do Pará. Leia reportagem completa em Maranhão Hoje.

2 comentários:

sfassis disse...

QUEM DEVE PAGAR SÃO OS BANCOS, CETIP QUER SEJA R$ 1,00 (UM REAL) OU R$1.000,00 ELA RECEBE PELO SERVIÇO DOS BANCOS, O QUE ELES NÃO QUEREM É PAGAR E SIM LUCRAR, POREM O DETRAN E SO GOVERNO DO MARANHÃO ESTÃO ERRADOS POIS HA EMPRESAS QUE SEQUER FORAM CONSUTADAS OU DEVIDAMENTE CREDENCIADAS PODEM TER PREÇOS MENORES, POR QUE NÃO FORAM?????????

ENTENDAM O ABAIXO:

de veículos com cláusula de alienação fiduciária, arrendamento mercantil, reserva de domínio ou penhor, na modalidade de credenciamento, de pessoas jurídicas que forneçam sistema eletrônico integrado de transmissão dos dados relativos ao gravame e registro de contratos e as atividades inerentes no âmbito do estado do Maranhão, nos termos e condições estabelecidos neste contrato, na Portaria DETRAN/MA nº 1037, de 16 de setembro de 2016 e seus anexos. VIGÊNCIA: A vigência do contrato será de 2 (dois) anos, contados a partir da data da publicação do extrato do Contrato em Diário Oficial do Estado do Maranhão, podendo ser prorrogado por iguais períodos, a critério único e exclusivo da Contratante e desde que atendidas as disposições legais vigentes. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL : Este contrato possui fundamento na Lei nº 8.666/93, combinada com as demais normas de direito aplicáveis à espécie e no que consta no processo administrativo nº 0233702/2016 - DETRAN/MA, na Portaria DETRAN/MA nº 1037, de 16 de setembro de 2016 e na Portaria DETRAN/MA n.º 886, de 22 de agosto de 2016. VALOR. § 1º A Contratada se obriga ao repasse, em favor do DETRAN/MA, do valor correspondente a R$ 95,02 (noventa e cinco reais e dois centavos), respeitando suas possíveis atualizações, pela execução dos serviços, por meio eletrônico, para cada conjunto de dados necessários ao registro de contrato de financiamento de veículos automotores com cláusula de alienação fiduciária, arrendamento mercantil, reserva de domínio ou penhor.§ 2º A Contratada se obriga ao repasse, em favor do DETRAN/MA, do valor correspondente a R$ 38,53 (trinta e oito reais e cinquenta e três centavos), respeitando suas possíveis atualizações, pela execução dos serviços, por meio eletrônico, para cada cadastramento/recadastramento de registro de gravame. § 3º A Contratada se obriga ao repasse, em favor do DETRAN/MA, do valor correspondente a R$ 38,53 (trinta e oito reais e cinquenta e três centavos), respeitando suas possíveis atualizações, pela execução dos serviços, por meio eletrônico, para cada cadastramento/recadastramento de baixa de gravame.§ 4º O pagamento a que se referem os parágrafos § 1º, 2º e 3º desta cláusula deverá ocorrer até o 5º (quinto) dia do mês subsequente àquele em que se deram os registros dos contratos e dos respectivos Gravames com a identificação do credor da garantia real no CRV .DATA DA ASSINATURA: 30/12/2016. SIGNATÁRIOS: LARISSA ABDALLA BRITTO, Diretor Geral do DETRAN/MA. EWALDO CALISTO DE SOUSA , Diretor Financeiro do DETRAN/MA. DANIEL AMARAL CARDOSO,ALEXANDRE GEORGES PANTAZIS, BASILE GEORGE PANTAZIS, LUIZ CARLOS PENTEADO DE LUCA , Representantes Legais da INFOSOLO INFORMÁTICA S.A. LARISSA ABDALLA BRITTO - Diretora Geral.

sfassis disse...

DETRAN MARANHÃO/INFOSOLO TRAVAM GUERRA COM CETIP/FEBRABAN/ACREFI.

Financeiras, bancos e CETIP travam uma batalha em todo o Brasil contra dois serviços polemicos, Registro de Contratos de Financiamentos de veiculos e Gravames, dois assuntos distintos, pois os Registros de Contratos são baseados em Lei, esta no código civil, artigo 1361 e regulamentado pelo Denatran Resolução 320/2009, ocorre que a CETIP e os Bancos compraram de Montenegro/IBOPE em 2009 dois sistemas chamados SNG e outro SIRCOF por 2 bilhões de reais, sim, meros 2 bilhões de reais, sendo que 1 bilhão foi pago em espécie, sim, em espécie, CETIP a protegida dos bancos é uma das investigadas pela OPERAÇÃO LAVA JATO, por ter repassado ao PP "Partido Progressista" somente 20 milhões por benesses junto ao DENATRAN.
Quanto ao DETRAN MA, ta difícil entender, primeiro por ter rompido um contrato de concessão com a empresa FDL que cobrava em média R$260,00, e posteriormente resolve credenciar sem licitação um serviço igual agora cobrando R$ 397,00 para uma empresa do mesmo grupo a "Infosolo" que jamais prestou serviço a qualquer DETRAN, sendo que outras empresas tentaram tal credenciamento uma delas sem sequer ter qualquer atestação de capacidade técnica que ja tenha realizado o serviço, as demais empresas podem até ter o serviço por menor preço porem a direção do DETRAN, so recebeu a proposta da INFOSOLO, em tempos de Lava Jato, Zelotes e tantas outras operações, ha ainda administradores publico insistindo em fazer o errado, vejam o abaixo e pasmem com os lucros da CETIP com esses serviços:

Entre 2011 e 2016 a CETIP ja faturou R$ 2.220.000,00 (Dois Bilhões duzentos e vinte mil reais) detalhe somente com dois Softwares e as benesses dos governos, nunca por licitação, somente pela portas dos fundos, isso pode?????

Fonte
file:///C:/Users/Sony/Downloads/Apresentac%C3%A3o%20Institucional%203T16.pdf



Quem esta ganhando com Isso??? a população do Maranhão??? os bancos e Financeiras e a CETIP? ou a Infosolo ????