10 de jan de 2017

Sarney integra comitiva de Michel Temer que participa dos funerais do ex-presidente português Mário Soares

O presidente Michel Temer com o deputado Marco Maia (PT-RS) e o
ex-presidente José Sarney no embarque para a capital portuguesa
O ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) integra a comitiva liderada pelo presidente Michel Temer que foi a Lisboa para participar do sepultamento do ex-presidente português Mário Soares. Também fazem parte o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e o subsecretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Fernando Simas Magalhães.

Michel Temer chegou à capital portuguesa na madrugada desta terça-feira (10) a Lisboa. Ele será recebido pelo presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Souza, com quem terá uma reunião com duração prevista de 30 minutos. 

Após a reunião, outros chefes de Estado se juntarão aos presidentes Temer e Marcelo Rebelo para ir ao Mosteiro dos Jerônimos, onde o corpo de Mário Soares está sendo velado. As últimas homenagens serão prestadas por volta das 13h, com depoimentos do presidente português e dos filhos de Mario Soares, João e Isabel.

No sábado, logo após o anúncio do falecimento do líder português, Sarney publicou em seu blog uma manifestação de pesar:

Considero que Portugal está hoje muito menor com a morte de Mário Soares. Ele foi a grande figura do país no século 20. Foi o responsável pela salvação de Portugal na grande crise ideológica que viveu depois da revolução dos Cravos.

Tenho por Mário Soares uma admiração extraordinária. Considero que ele foi o grande estadista europeu e um dos maiores do mundo. Ele conseguiu marcar a presença de seu país nas grandes decisões mundiais.

Recordo a sua cultura, a sua ligação permanente com as letras e sua aproximação constante com o Brasil. Perdemos, os brasileiros, o grande nosso elo com a nação portuguesa.

Mário Soares tinha pelo Brasil um grande amor, correspondido pelo grande amor que Brasil tem por ele. Aqui ele sempre foi das figuras mais veneradas entre líderes estrangeiros.

Assim, não só Portugal perdeu, mas o Brasil também, que tinha nele seu grande amigo e grande parceiro, que ligava até hoje a história de Portugal com história do Brasil.

Perdi um grande amigo. Me solidarizo com povo português pela grande perda que acaba de sofrer.

Glória a Mário Soares. Ele merece todos os reconhecimentos de nós brasileiros.
José Sarney

Nenhum comentário: