25 de jan de 2017

Menos Itaqui: Porto movimentou ano passado menos cargas do que em 2014 e é o sexto no ranking nacional

Depois de um 2015 de muita comemoração, pelo movimento de cargas no Itaqui, a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) apresentou na segunda-feira (23) números nada agradáveis sobre o seu desempenho no ano passado. Segundo o presidente da estatal, Eduardo Lago Filho, o Ted Lago, foram 16,9 milhões de toneladas em 2016, o que representa uma queda de 22,4% na comparação com 2015, quando foram embarcadas e desembarcadas 21,8 milhões de toneladas.

O desempenho de 2016 traz outro dissabor para os atuais administradores do sistema portuário maranhense: o movimento do ano passado foi inferior também ao de 2014, quando embarcaram e desembarcaram 17,4 milhões de toneladas, ou seja, uma queda de 500 mil toneladas.

Ainda não dá para saber o que representa esse desempenho para o Itaqui em termos de posicionamento no ranking nacional, mas os números referentes ao movimento do terceiro trimestre já o colocavam em sexto lugar, pelo movimento de 4 milhões toneladas, que representaram uma queda de 35,3% na comparação com o mesmo trimestre de 2015.

Os números abaixo mostram o movimento em milhões de toneladas nos dez maiores portos do Brasil:
  • Santos 26,4 -7,2%
  • Itaguaí (Sepetiba) 16,1 11,6%
  • Paranaguá 9,8 -10,8%
  • Rio Grande 6,5 -4,0%
  • Suape 5,9 34,4%
  • Itaqui 4,0 -35,3%
  • Vila do Conde 3,9 8,5%
  • São Francisco do Sul 2,4 -34,1%
  • Aratu 1,8 8,1%
  • Vitória 1,8 2,8%
  • Total Movimentado 89,9 -4,1%

Leia reportagem completa em Maranhão Hoje.

Um comentário:

Anônimo disse...

Vamos ao que realmente interessa: MOV.CARGAS X LUCRO LIQUIDO:
2014: 17,3 M.Ton x r$ 4 milhões
2015: 22,3 M.Ton x r$ 68 milhões
2016: 16,9 M.Ton x r$ 43 milhões

*2016 >Houve uma quebra na safra de grãos de 35%
*2016 > Petrobras reduziu em 90% o transbordo de combustiveis pelo Porto( Inauguração de refinaria Abreu e Lima-Pernambuco)

** resumindo: Com toda a queda da Mov.de cargas o porto de Itaqui mostrou um Lucro liquido bem robusto para a crise existente no país.