17 de jan de 2017

Sem fiscalização da Guarda Municipal, faixa azul deixa de ser pista exclusiva para ônibus no bairro São Francisco

Criada para ser uma pista exclusiva de ônibus e assim desafogar o tráfego de veículos na Avenida Castelo Branco, no bairro do São Francisco, a Faixa Azul está perdendo seu sentido, por falta de fiscalização da Guarda Municipal, e assim vem sendo utilizada por caminhões que transportam mercadorias para os estabelecimentos da área, deixando a situação igual como era antes ou até pior.

Na manhã de segunda-feira (16), um caminhão carregando de frutas foi flagrado estacionado em frente ao Comercial São Francisco, prédio em que funcionam diversos escritórios (advocacia, contabilidade, assessoria de comunicação etc), consultórios (médicos e odontológicos) e lojas, e por lá ficou boa parte dia. Não bastasse tumulto no trânsito, ainda impedia que prestadores de serviço e clientes tivesse acesso ao estacionamento frontal.

Nesta terça-feira (17) foi a vez de um caminhão de uma marca de colchões repetir a infração, do outro lado da avenida, onde permaneceu por mais de uma hora fazendo descarga para uma loja do ramo.

Em ambas as situações, nenhum guarda apareceu para multar os carros ou mesmo pedir aos motoristas que desobstruíssem a pista exclusiva dos ônibus. Vale ressaltar que por conta dessa faixa azul, diversas lojas, restaurantes e outros estabelecimentos fecharam as portas na avenida porque os clientes não podem mais parar à sua frente.

Um comentário:

Pereira disse...

A verdade é que a nossa Cidade está entregue a desordem. Falta pulso. O centro é terra sem lei, veículos em cima de faixas, em esquinas, sobre calçadas, só para citar alguns exemplos. Guarda tem é multar. Educar é com auto escola.