17 de jan de 2017

Terceirizada do Consórcio Alumar demite mais de setenta empregados sem pagar indenização e o 13º salário

Paisagismo da Alumar é uma das atribuições da empresa Sempre Verde
A empresa Sempre Verde Ltda, que presta serviços de limpeza, conservação e paisagismo para o Consórcio Alumar demitiu, sem justa causa 71 trabalhadores e, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São Luís (Sindmetal), ainda não os indenizou, tampouco pagou o 13º salários, daí porque a multinacional foi notificada extrajudicialmente para faça o bloqueio de qualquer crédito devido à empresa e utilize os valores para quitar todas as verbas trabalhistas dos demitidos pela terceirizada.

De acordo com o Sindmetal, dia 02 de dezembro, os empregados receberam aviso prévio sobre a dispensa e fim das atividades a partir do dia 1º de janeiro. Pela Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, as verbas rescisórias nos casos de demissão sem justa causa do empregado devem ser quitadas até o primeiro dia útil subsequente ao término do contrato, ou seja, os empregados deveriam ter recebido tais parcelas até o dia 02 de janeiro de 2017, o que não foi efetuado ou justificado por nenhuma das empresas – contratante ou contratada.

O presidente do Sindmetal, José Maria Araujo, ressalta que as obrigações não honradas pela empresa são de responsabilidade solidária da Alumar, que também deve arcar com a obrigação pelos pagamentos, também de acordo com a CLT e a Convenção Coletiva de Trabalho dos metalúrgicos. 

Nenhum comentário: