28 de fev de 2017

No Carnaval de Todos em São Luís o povo só queria cantar "saudades, muitas saudades, saudades sentimos demais"

Bom dia, São Luís! “Hoje eu não quero sofrer, hoje eu não quero chorar”, pois, afinal de contas, é terça-feira de Carnaval, esta “invenção do diabo que Deus abençoou”, portanto é dia de se despedir da folia, mesmo não tendo dela participado.

Sobre o Reinado de Momo deste ano, realmente, não sei muito para contar com exatidão, mas pelo que li o governador Flávio Dino (PCdoB) e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) juraram que “este ano o carnaval não vai ser como aquele que passou”, mas pelo que li não foi lá essas coisas, daí porque muita gente queria cantar apenas a marchinha de Pinduca: “saudades, muitas saudades, saudades sentimos demais...”, já que nos anos anteriores parece que havia muito mais opções, animação. E antes que alguém queira politizar um comentário sobre festa carnavalesca e passe para a agressão, estendo minha “bandeira branca, amor... Bandeira branca, eu peço paz!”

Bom dia também àqueles que não foram ao Centro Histórico e não circularam pelos circuitos formados pela Avenida Beira Mar, Madre de Deus, Desterro e Aterro do Bacanga, pois ficaram com a sensação de que não havia carnaval em São Luís, tanto que um dos destaques nacionais foi para os embalos do Reggae, aquilo que se vê o ano inteiro. Afinal, "São Luís, aqui é a Jamaica, capital brasileira do Reggae...". Mas isto nunca vai se saber ao certo, pois os comentários que vão brotar, principalmente nas redes sociais, independem da realidade, o que vale, neste tempos, é a versão de quem apoia ou faz oposição ao governador e ao prefeito, pois “homem é homem, menino é menino, político é político e...”, como diria o filósofo cearense Falcão.

E bom dia ainda a quem preferiu passar esses dias fora da cidade ou do Maranhão e agora está regressando, dizendo “eu voltei, agora para ficar porque aqui, aqui é meu lugar...”, bem como àqueles que não aguentam mais tanto folia e gritam “parem o mundo que eu quero descer...” É isto, amanhã é Quarta-Feira de Cinzas, começo da Quaresma e véspera do início do ano no Brasil, quando todos realmente começam a trabalhar. Bom dia a todos.

E antes que alguém queira criticar o comentário como plágio, admito, mesmo sem o brilhantismo do original, foi inspirado no Tintim por Tintim publicado pelo saudoso Ray Santos no Jornal Pequeno. Até a próxima oportunidade, quando a inspiração vier, se vier.

Alcione surpreende o público ao chegar na Marquês de Sapucaí exibindo um corpo com 16 quilos a menos

A cantora maranhense Alcione Nazaré (foto) surpreendeu o público que lotou a Marquês da Sapucaí neste domingo, ao aparecer pesando 16 quilos a menos. "Estou comendo pouquinho e me cuidando com o médico. Está tudo certo," explicou a ser indagado sobre o novo peso.

Como ocorre todos os anos, a Marrom desfilou pela Estação Primeira de Mangueira, que encerrou o segundo dia de desfile, já no amanhecer desta terça-feira (28). Embora tivesse comemorado muito o desempenho de sua escola preferida, a sambista lamentou mais um acidente com carro alegórico, desta vez envolvendo a Unidos da Tijuca, que deixou um saldo de 15 feridos, dois deles em estado grave, conforme notícia publicada pelo site Maranhão Hoje. 

Para desfilar pela Mangueira, a cantora chegou cedo à Marquês de Sapucaí (foto abaixo)."Ontem fiquei três horas no trânsito, já estava descabelada. Aí hoje vim mais cedo. Estou sempre nos desfiles da Mangueira, são mais de 40 anos. Cheguei cedo para ver a minha galera, prestigiar as outras escolas e receber esse carinho maravilhoso do público", justificou ela em entrevista a O Globo.

Sobre a possibilidade de um bicampeonato, ela aposta na humildade: "Nossa expectativa é grande, mas as outras escolas também estão vindo muito bem. Vamos recolher na nossa humildade e que os santos nos ajudem".

Ainda sobre a perda de peso, Alcione explicou que a estratégia para perder 16kg, além de comer menos, foi seguir à risca a orientação dos profissionais da área de saúde que vêm ajudando a se cuidar mais. (Com dados de O Globo)

Pesquisa da Fiema mostra a produção industrial no Maranhão em ascensão pelo quarto mês consecutivo

GIRO ECONÔMICO

O volume de produção na indústria maranhense manteve-se em crescimento pelo quarto mês consecutivo, com o aumento de 7,6 pontos em janeiro de 2017, ficando em 48,4 pontos, próximo dos 50. É o que revela a Sondagem Industrial do Maranhão, elaborada pela Federação das Indústrias (Fiema) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), no período de 1º a 13 de fevereiro. Segundo a pesquisa, o aumento foi de 6,3 pontos nas pequenas empresas. 

Já nas empresas de médio e grande porte, o aumento foi maior (8,3 pontos) e o índice atingiu a marca dos 50 pontos. Nacionalmente, o índice de volume de produção registrou aumento de 3,5 pontos e atingiu 44,2 pontos. No Nordeste, o índice continuou em queda ao variar de 47,1 pontos para 44,4 pontos.

O emprego nas indústrias continua em crescimento, de acordo com o estudo. O índice registrou aumento de 4,0 pontos em janeiro, e alcançou 45,7 pontos. Já o nível médio de Utilização da Capacidade Instalada (UCI) foi de 66%, apresentando uma variação negativa de 5,0 pontos percentuais. Leia reportagem completa e Maranhão Hoje.

Cidadania - O empresário Felipe Mussalém, que preside a Associação Comercial do Maranhão, vai ser homenageado pela Assembleia Legislativa com o título de Cidadão Maranhense, projeto de autoria do deputado Othelino Neto (PCdoB). Natural de Recife (PE), Mussalém pertence a uma família que se destaca por empreendimentos no ramo educacional (Colégio e Faculdade Santa Fé) e ele também é educador, já tendo exercido também o cargo de presidente da Associação dos Jovens Empresários (Aje-MA). 

Bancos - A partir de setembro, as instituições financeiras não poderão mais cobrar juros de mercado por atrasos em pagamentos, conforme proibição do Conselho Monetário Nacional. Hoje os bancos podem cobrar multa, juros de mora (juros punitivos por dia de atraso) e juros remuneratórios sobre parcelas em atraso. Em relação aos juros remuneratórios, os bancos tinham a liberdade de fixar a taxa com base nos juros definidos na assinatura do contrato ou nas taxas de mercado sobre as novas operações.

Lava Pratos - Enquanto nas demais cidades os tambores silenciam e os palcos são desmontados por conta do encerramento do carnaval, em São José de Ribamar começam os preparativos para um dos mais tradicionais carnavais fora de época, o Lava Pratos, que será realizado neste fim de semana.







Afonso Manoel e Helena Dauilibe aproveitam o feriado do carnaval para se dedicarem a eventos voltados para reflexão religiosa


Retiro - O vereador Afonso Manoel e a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, trocaram a folia de Momo por momentos de reflexão religiosa neste período de carnaval, desde domingo (26) participam de três retiros católicos: Shalom, Coléfio no Upaon Açu; Louvor e Adoração, Colégio no Dom Bosco; e do Rebanhão, no Ginásio Castelinho. De acordo com o Afonso Manoel, a participação do casal nas atividades reflete a sua fé cristã e também um agradecimento as graças recebidas.

Entidades - A Associação Comercial do Maranhão não terá sessão plenária esta semana, pois o dia das reuniões será marcado pela ressaca dos três dias de carnaval, já que muitos diretores ainda estão ausentes da cidade, portanto somente na próxima semana haverá reunião. Na comemoração do início da Quaresma, nesta Quarta-Feira de Cinzas (1º de março), o expediente nas empresas e nas agências bancárias será somente a partir do meio-dia, ou seja, há também muito o que se organizar para recomeçar as atividades.

27 de fev de 2017

Roberto Rocha diz que Flávio Dino prometeu choque de capitalismo, mas está é dando choque nos capitalistas

Roberto Rocha volta a criticar governador Flávio Dino, de quem foi aliado
O senador Roberto Rocha (PSB), em mais um crítica ao governador Flávio Dino (PCdoB), de quem foi aliado na eleição de 2014, disse numa entrevista exclusiva à revista Maranhão Hoje, que está nas bancas, que, ao contrário do prometido choque de capitalismo, está dando choque nos capitalistas, com sua política de aumento de impostos e outras dificuldades criadas aos empresários que querem empreender no Maranhão. O senador chega a ser irônico quando convidado a analisar a política de desenvolvimento do atual governo.

O senhor acha que o atual governo tem sabido conduzir uma política de desenvolvimento para o Maranhão?, indagam os entrevistadores (Aquiles Emir e Diego Emir).

- Qual é essa política? Ampliar o que já existe, sem quebrar a lógica perversa que mantém o Maranhão no atraso? É muito pouco para o nosso potencial, responde.

Onde ele estaria acertando e errando?, insistem os jornalistas.
- Acerta eventualmente no varejo, mas erra no atacado. O principal erro, infelizmente, é o interdito ideológico que não permite ver que apenas com o desenvolvimento econômico podemos sustentar um verdadeiro desenvolvimento social. Nesse sentido, minha maior diferença é justamente de visão do papel do Estado. O governador anunciou um choque de capitalismo, mas até o momento tem dado choque apenas nos capitalistas, aumentando impostos e taxando a produção. Critico o comunismo para não ver meu estado sofrer um choque anafilático, critica o senador. Leia mais em Maranhão Hoje.

Simplício Araújo mais uma vez se equivoca quando fala de desenvolvimento, pois não consegue apagar o passado

Como faz desde o dia 02 de janeiro de 2015, após ter sido empossado na Secretaria de Indústria e Comércio, o secretário Simplício Araújo (foto) aproveitou a entrevista concedida neste domingo ao Jornal Pequeno para lançar críticas à gestão anterior, embora ele próprio, sem se dar conta, confesse que alguns investimentos que estão vindo para o Maranhão são consequências da política de atração de empresas para o Maranhão adotada na gestão anterior.

Ao anunciar que o Maranhão deverá ser contemplado, até 2018, com investimentos que superam a casa dos R$ 7 bilhões, Simplício disse que isto é resultado do modelo adotado pelo atual governo para conceder incentivos. Aí o repórter pergunta:

"O governo Flávio Dino mudou a política ou o Maranhão já trilhava numa rota favorável a obter esses investimentos?"

E o secretário responde:

"Mudamos a política de incentivos fiscais do Estado, que passaram a ser concedidos a cadeias produtivas e não mais a empresas discriminadas. Os novos investimentos privados foram estimulados por essa política. Na cadeia da proteína vegetal e animal, por exemplo, devem ser concluídos neste ano ano investimentos de R$ 200 milhões da Algar Agro, na ampliação da capacidade de processamento da unidade de soja em Porto Franco; e da Notaro Alimentos, de R$ 172 milhões em um complexo avícola em Balsas".

É impressionante o raciocínio do secretário, pois a unidade de processamento de soja da Algar, em Porto Franco, foi inaugurada em junho de 2012, e a Notaro, em Balsas, em dezembro de 2013, ou seja, ambos os empreendimentos chegaram ao Maranhão muito antes do início do atual governo, ou seja, foram atraídos pela política anterior de incentivos fiscais, ou seja, se estão sendo ampliados é porque já estavam aqui, mas o secretário não quer enxergar assim e por isto sempre que fala em desenvolvimento precisa primeiro criticar o que encontrou até para justificar o porquê das coisas estarem ocorrendo tão lentamente nos tempos atuais.

Está mais barato desde o último sábado falar ao telefone, de fixo para celular, conforme determinação da Anatel

GIRO ECONÔMICO

As ligações feitas de telefones fixos para celulares estão mais baratas desde sábado (25). Os valores das chamadas locais tiveram uma redução entre 16,49% e 19,25% e, para as ligações interurbanas, a queda é entre 7,05% e 12,01%, dependendo da empresa. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a queda no custo das ligações se deve à redução das tarifas de interconexão, que é o valor cobrado de uma empresa pelo uso da rede de outra operadora para a realização de ligações. 

Desde 2014, a tarifa de interconexão vem caindo e novas reduções devem ocorrer até 2019, segundo previsão da Anatel. A redução das tarifas vai beneficiar os 41,8 milhões de assinantes de telefone fixo do país.

Ao mesmo tempo em que a tarifa é reduzida, as empresas de telecomunicações devem aumentar os investimentos na ampliação de suas redes, na melhoria da qualidade de serviços e no atendimento aos consumidores, conforme determinações da Anatel.

Carnaval - As atividades turísticas devem movimentar, no Carnaval, cerca de R$ 5,8 bilhões. Rio de Janeiro e São Paulo, juntos, concentram 68,2% da receita gerada na época do Carnaval ― o Rio vai injetar na economia R$ 2,4 bilhões e São Paulo, R$ 1,5 bilhão, de acordo com a Confederação do Comércio. Outros estados promissores para o faturamento do turismo são Minas Gerais (R$ 332,7 milhões), Bahia (R$308,7 milhões), Ceará (R$140,3 milhões) e Pernambuco (R$131,4 milhões). Maranhão, nada!

Passagens - A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou, sexta-feira (24), o reajuste do coeficiente tarifário dos serviços de transporte rodoviário semiurbano interestadual e internacional de passageiros. O aumento é de 4,82% aplicado sobre as tarifas vigentes no serviço. Os novos valores começaram a valer sábado (25). Segundo a agência, o reajuste se deve à necessidade de manter o equilíbrio econômico-financeiro das empresas autorizadas a realizar esse tipo de serviço.

Turismo - Pesquisa junto a empresários de hotelaria mostra que o movimento turístico, embora menor do que o esperado, aumentou no período de carnaval, com a chegada de quem estava atrás de folia e dos que queriam distância, isto é, sossego.



Antônio Hiluy Nicolau anuncia para breve a abertura do 13º posto Paloma e pretende chegar até dezembro com 20 unidades, todas na Ilha. No registro com a filha Sâmia sendo homenageado pelo diretor da Petrobras para o Maranhão e Piauí e José Barreto (C), pelo volume de vendas de combustíveis com o selo BR



Fraternidade - A Campanha da Fraternidade que a Igreja Católica e outros segmentos religiosos cristãos lançam nacionalmente na quarta-feira (1º de março), depois que os tambores do carnaval silenciarem e começar a Quaresma, traz para reflexão dos seguidores dessas religiões a necessidade de se preservar os biomas, numa clara advertência sobre os riscos que a exploração da natureza trazem para o meio ambiente. A ideia é fazer com as criaturas humanas tenham mais cuidados com aquilo que fez o criador.

Isenção - A isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na compra de veículos poderá ser estendida a todas as pessoas com deficiência, conforme projeto que está em análise na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). O autor da proposta, senador Romário (PSB-RJ), aponta que a legislação atual não contempla deficientes auditivos, apenas pessoas com impedimentos físicos, visuais e autistas, privando pessoas com outros tipos de deficiência do direito de usufruir do benefício.

26 de fev de 2017

Revista aborda o drama vivido por quem necessita de serviços de saúde no Maranhão, seja rico ou pobre

A revista Maranhão Hoje de fevereiro, que está nas bancas, traz como principal destaque uma reportagem sobre o drama da saúde no estado, que não afeta apenas os pobres e miseráveis, mas também aqueles que possuem planos de saúde top ou mesmo dinheiro dinheiro para custear seu tratamento.

A revista traz também uma entrevista com o senador Roberto Rocha (PSB), que além de criticar o governador Flávio Dino (PCdoB), que, segundo ele, prometeu um choque de capitalismo e está dando um choque nos capitalistas, com aumento de impostos, ameaças a empresários etc, se coloca à disposição para sucedê-lo.

Na seção Gente de Expressão, uma reportagem sobre o poder que ainda exerce o ex-senador José Sarney (PMDB-AP), mesmo não exercendo nenhum cargo eletivo.

Outros destaques:
  • Caxias terá fábrica da Heineken com a aquisição da Brasil Kirin, fabricante dos produtos Schin
  • Expoema volta a ser realizada em 2017, mas sai de São Luís e vai para Bacabal
  • Carlos Brandão diz que está firme no comando do PSDB no Maranhão
  • Eliziane Gama assume coordenação de campanha contras drogas
  • Apesar da queda do Itaqui na ranking nacional dos portos brasileiros, o Maranhão ainda é o segundo estado em movimentação de cargas pelo transporte marítimo
  • Empresários pedem mais diálogo com o Governo do Estado

Maranhão Hoje é uma publicação mensal da Class Mídia. É disponibilizada nas principais bancas de São Luís e do interior do estado. Assinaturas podem ser pedida pelos emails aquilesemir@uol.com.br e maranhaohoje@uol.com.br ou ainda pelos telefones (98) 99114-1454, 99112-5406 e 988356261.

Pesquisa da Federação das Indústrias aponta que empresários maranhenses estão mais otimistas com 2017

GIRO ECONÔMICO

O Índice de Confiança do Empresário Industrial do Maranhão (ICEI-MA), pesquisa realizada pela Federação das Indústrias em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), indica um aumento da confiança dos empresários maranhenses, na passagem de janeiro para fevereiro, quando atingiu 8,7 pontos e passou a registrar 57,6 pontos, ultrapassando a linha divisória dos 50, que indica otimismo. 

A confiança com a melhoria da economia em 2017 também apresentou crescimento. Na construção civil, cresceu 6,7 pontos alcançando 52,5 pontos; na indústria de extração e transformação, o aumento foi mais acentuado, de 11,1 pontos, e registrou 60,8 pontos. Segundo a Fiema, em fevereiro, o indicador de expectativas para os próximos seis meses teve aumento de 9,3 pontos em comparação com janeiro, variando de 54,3 pontos para 63,6 pontos.

Na região Nordeste, o índice variou de 52,2 para 54,4 pontos, registrando aumento de 2,2 pontos, enquanto nacionalmente, apresentou variação positiva de 50,1 para 53,1 pontos.

Transporte - A Estrada de Ferro Carajás movimentou, ano passado, 156,6 milhões de toneladas de minério de ferro e carga geral, o que representa um aumento de 16% em relação a 2015. O minério de ferro foi o principal produto transportado, totalizando 151,8 milhões de toneladas e somente no quarto trimestre de 2016 foram mais de 41 milhões de toneladas. Já no Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, em São Luís, foram embarcadas 148,9 milhões de toneladas de minério de ferro, um aumento de 19%.

Negócios - Com a participação de 98 empresas, a Associação Comercial realizou quarta-feira (22), numa parceria com Federação das Indústrias e Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), o primeiro Encontro de Negócios de 2017, que proporcionou aos participantes conhecer as demandas de produtos e serviços dos órgãos vinculados ao Sistema Fiema: Sesi, Senai, Iel e a própria Federação. Para o presidente da ACM, Felipe Mussalém, ficou a sensação de que outros encontros são necessários para aproximar os empresários.

Uber - Nada contra Uber, mas impressiona uma empresa sem alvará, sem recolher ISS, sem endereço fixo, se instalar numa cidade e ficar imune às exigências do poder público sobre os concorrentes. Deveria-se pelo menos acabar com aferições de taxímetro, renovação de licença, tabelamento de bandeira etc para taxistas, já que do outro lado tudo é livre.








Na inauguração da nova sala de desembarque do Aeroporto Cunha Machado, o superintendente da Infraero, Sérgio Kennedy, dá detalhes do investimento a Felipe Mussalém (ACM), Carlos Brandão (vice-governador) e Zeca Belo (Fiema)

Microcrédito - O programa de microcrédito rural do Banco do Nordeste, o Agroamigo, atingiu em onze anos de atuação a marca de R$ 10 bilhões em aplicações nas 3,6 milhões de operações contratadas nos nove estados nordestinos e no norte de Minas Gerais e Espírito Santo, áreas em que o BNB também atua, sendo que no Maranhão foram aplicados R$ 946,3 milhões, distribuídos em 343 mil operações. Ano passado, o Agroamigo disponibilizou R$ 1,9 bilhão em 481 mil operações, um aumento de 7,4% em relação a 2015.

Combustíveis - Ainda não se sabe se o consumidor notou, mas Petrobras reduziu, sexta-feira (24), os preços do óleo diesel, em 4,8%, e o da gasolina, em 5,4%, nas refinarias. Segundo a companhia, se a redução for integralmente repassada pelos post
os e não houver alterações nas demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, como ICMS e outras taxas, o preço do litro do diesel pode cair, em média, 3% e o da gasolina 2,3%, o que resultaria numa queda de R$ 0,09 por litro.

25 de fev de 2017

Edivaldo Holanda, em São Luís, e Marcelo Crivella, no Rio, se recusam a entregar "chave da cidade" ao Rei Momo

Rei Momo recebe chave do vice-prefeito Júlio Pinheiro
Pelo quinto ano consecutivo, o carnaval de São Luís foi aberto sem a tradicional cerimônia para entrega da "chave da cidade" ao Rei Momo, pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que, por questões religiosas (é membro da Igreja Batista), se recusa a participar de festas pagãs. A mesma atitude teve o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (bispo da Igreja Universal do Reino de Deus), que também não apareceu para fazer a abertura oficial das festividades.

Sem apresentar justificativas, Holandinha mandou o vice-prefeito, Júlio Pinheiro (PCdoB), fazer a entrega simbólica da chave ao Rei Momo Mateus Lobato, num evento realizado na Passarela do Samba Chico Coimbra, nesta sexta-feira (24). 

Apesar de ser um evento compartilhado com o Governo do Estado, o governador Flávio Dino (PCdoB) também não compareceu e foi representado pelo secretário da Cultura e Turismo, Diego Galdino.

No Rio de Janeiro coube ao presidente da Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur), Marcelo Alves, das a  justificativa para a ausência do bispo prefeito. 

Segundo ele, Crivella ficou em casa fazendo companhia à primeira-dama, Sylvia Crivella, que estava com uma "profunda gripe", ou seja, não houve motivação religiosa."Falta faria se essa festa não tivesse sido apoiada como ela foi. A festa foi apoiada na organização, financeiramente no que era necessário fazer. E isso é o que é mais importante", disse Nelcimar Nogueira, secretária municipal de Cultura.


Número de maranhenses em idade de trabalhar que estão sem ocupação aumentou 116 mil, segundo pesquisa IBGE

GIRO ECONÔMICO

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgada quinta-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que no quarto trimestre de 2016 havia no Maranhão um contingente de 352 mil pessoas em idade de trabalhar sem nenhuma ocupação. O número é 116 mil a mais do que havia no mesmo período de 2015, quando eram 235 mil. 

O Maranhão tinha em 2015, no quarto trimestre, 5,109 milhões de pessoas em idade de trabalhar e no ano passado, no mesmo período, eram 5,201 milhões, o que representa um aumento de 1,8%, ou seja, 92 mil pessoas a mais. As pessoas ocupadas, entre outubro e dezembro de 2015, eram 2,866 milhões e nos três últimos meses do ano passado somavam 2,716 milhões, uma redução de 10,1%, o correspondente a menos 267 mil pessoas.

Outro dado preocupante da pesquisa diz respeito à renda média mensal do trabalhador maranhense: no setor privado, caiu de R$ 1.345 para R$ 1.326, mas no setor público aumentou de R$ 1.880 para R$ 2.096. 

Gorjeta  - A Câmara dos Deputados aprovou o substitutivo do Senado para o Projeto de Lei 252/07, que regulamenta o rateio da gorjeta dada a garçons em restaurantes, hotéis, motéis etc. De acordo com o substitutivo, não se trata de uma receita própria das empresas e se destina aos trabalhadores, devendo ser distribuída segundo critérios de custeio e de rateio definidos em convenção ou acordo coletivo de trabalho, podendo ser usada também pagar encargos sociais. Falta só a sanção do presidente Michel Temer.

Turismo - Uma boa notícia para os gestores que querem levar seus municípios de volta ao Mapa do Turismo Brasileiro: o Ministério do Turismo vai receber a 31 de maio dados para fazer sua atualização, respeitando o primeiro ano de mandato dos prefeitos e os dois últimos dos mandatos de governadores. A atualização está prevista para ser concluída em julho. Ano passado, mais de 20 municípios maranhenses foram retirados do mapa e ainda teve o Polo Amazônia extinto, portanto é hora de recuperar o que foi perdido.

Rodovias - Quem vai pegar a estrada em busca de sossego no interior do Maranhão ou mesmo em outro estado, melhor consultar a Polícia Rodoviária, pois algumas BRs, como é o caso da 222 e da 010, estão com tráfego limitado, por conta de erosões, e outras ameaçam entrar na mesma situação.









Entrevistado da revista Maranhão Hoje que chega às bancas neste fim de semana, o senador Roberto Rocha diz como seus projetos na área econômica podem impulsionar o desenvolvimento do estado. E fala também, claro, de política.



Bancos - Apesar de carnaval não ser feriado, as agências bancárias ficam fechadas, segunda e terça-feira, e voltam a funcionar somente na próxima quarta-feira (1º de março), a partir do meio-dia. Os caixas eletrônicos funcionam normalmente e podem ser usados para saques, depósitos e agendamento ou pagamento de contas, bem como essas operações podem ser agendadas pela internet. As contas que vencerem no período podem ser pagas sem juros ou multas na volta do expediente normal.

Reprovação - Pesquisa Ipsos divulgada nesta sexta-feira (24) mostra que a região Nordeste é a que mais rejeita o presidente Michel Temer, onde seu índice negativo é de 91%, enquanto os brasileiros do Norte são os que têm melhor avaliação do governo, 30%. Quanto às classes sociais e econômicas, a C desaprova o presidente com índice de 79%, enquanto as classes A e B são a que mais veem com bons olhos o governo atual, somando 21% de aprovação. As pessoas com ensino superior aprovam Temer com 19%.

24 de fev de 2017

Pedrinhas bota seu bloco na rua para animar Carnaval de Todos: 12 conseguem fugir do Complexo Penitenciário

O carnaval promete ser inesquecível para 11 detentos do Complexo Penitenciário de São Luís, que conseguiram na tarde desta sexta-feira (24), véspera da Folia de Momo, uma fuga espetacular, quando, aproveitando o descuido dos segurança, abandonaram os serviços de fabricação de bloquetes de concreto e saíram por um buraco que haviam no muro, com seus instrumentos de trabalho. Eles havia sido colocados para realizar essa tarefa porque eram considerados de bom comportamento.

Conseguiram fugir, ao todo, 12 prisioneiros, porém um deles foi recapturado, estando os demais sendo caçados pela polícia. A fuga mostrou mais uma vez a fragilidade da segurança da penitenciária e coloca a população em estado de alerta, haja vista ainda não se saber quais as gravidades cometidas por cada um deles para estarem presos.

A Secretaria de Administração Penitenciária (Sejap) divulgou no final da tarde a lista dos que ainda estão sendo procurados. Saiba quem são:
  • Joelson Pereira dos Santos - (Fofinho)
  • Mazael Rocha Araújo - (Misa)
  • Wallison Cutrim Mota - (Nason)
  • Antonio Carlos Sobral - (Cigano)
  • André Sousa de Lima - (Sem apelido)
  • Ruan Murilo Almeida - (Sem apelido)
  • Jones Fonseca - (Sem apelido)
  • Wesley Oliveira Soares - (Sem apelido)
  • Wagner Neris Correa - (Alex de Natal)
  • Pablo da Rocha Magalhães - (Sem apelido)
  • Fábio Ricardo Chagas - (Fabinho na lago)

Ministro do Supremo Marco Aurélio de Melo concede habeas corpus para Bruno, ex-goleiro do Flamengo

O ex-goleiro do Flamengo Bruno (foto) ganhou nesta sexta-feira (24), do ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello, habeas, mesmo estando condenado a 22 anos de prisão. O ministro entende que o goleiro tem o direito de responder em liberdade já que é réu primário e possui bons antecedentes criminais.

“Colocou-se em segundo plano o fato de o paciente ser primário e possuir bons antecedentes. Tem-se a insubsistência das premissas lançadas. A esta altura, sem culpa formada, o paciente está preso há 6 anos e 7 meses. Nada, absolutamente nada, justifica tal fato”, escreveu o ministro

Com a decisão, o goleiro poderá aguardar a apreciação dos recursos em liberdade. O habeas corpus foi um pedido impetrado pela defesa de Bruno alegando “bons antecedentes, residência fixa e ocupação lícita”.

O ex-jogador é acusado de mandar mandar matar a ex-namorada Elisa Samudio, após ela reivindicar assistência ao filho que tiveram numa relação extra conjugal.

Pesquisa divulgada nesta sexta-feira mostra que os nordestinos são os que mais reprovam presidente Temer

Pesquisa divulgada nesta sexta-feira (24) pelo Instituto Ipsos mostra que 78% desaprovam o presidente Michel Temer (foto). A região Norte é a que mais o aprova, com 30%. A classe AB também é a que mais vê com bons olhos o governo do atual presidente, somando 21% de aprovação. As pessoas com ensino superior também são as que mais aprovam Temer, com 19%.

Por outro lado, a região Nordeste é a que mais rejeita o presidente com uma reprovação de 91%. A classe C também desaprova o presidente com um índice de 79% e os participantes com nível superior e médio são os que mais discordam de Temer, com 80%.

A opinião pública continua com percepção muito negativa do rumo do país. Para 87% dos entrevistados, o Brasil está no rumo errado. “ Temer não conseguiu reverter isso porque é visto como mais do mesmo e também pelo fato da inflação e desemprego continuarem afligindo a vida do brasileiro”, finaliza Danilo.

Realizada entre os dias 1 e 11 de fevereiro, a pesquisa Ipsos contou com 1200 entrevistas presenciais em 72 municípios brasileiros. A margem de erro é de 3%.

Exportação do agronegócio apresenta saldo positivo no Nordeste, mas no Maranhão houve uma queda de 34%

GIRO ECONÔMICO

A região Nordeste apresentou superávit de US$ 3,68 bilhões na balança comercial do agronegócio em 2016. As exportações registraram US$ 5,93 bilhões e as importações US$ 2,25 bilhões.

Os dados são do Ministério da Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), que apontam superávit da balança do agronegócio brasileiro de US$ 84,9 milhões no ano. O setor representou 45,9% do total exportado pelo país em 2016. 

O Nordeste participou com 16,2% das importações e 6,9% das exportações do agronegócio no Brasil em 2016. O segmento contribuiu com 46,3% do total exportado e 12,6% das importações da região, segundo o Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão de pesquisas do Banco do Nordeste (leia reportagem ao lado).

Bahia, Maranhão e Ceará responderam por 80,0% das exportações do agronegócio do Nordeste em 2016. Em relação ao desempenho do ano anterior, os maiores crescimentos foram registrados no Rio Grande do Norte (+14,6%), Sergipe (+9,7%) e Paraíba (+9,5%). Saiba como foi o desempenho do Maranhão aqui.

Simplificação - Os presidentes da Câmara Federal, Rodrigo Maia, e do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, assinaram acordo de cooperação técnica para auxiliar parlamentares na consolidação do projeto de lei que vai nortear a reforma tributária no Congresso Nacional. Pela parceria, o Sebrae vai contratar a Fundação Getulio Vargas para elaborar estudos com sugestões que possam subsidiar o debate sobre a reforma. A ideia é utilizar a experiência de simplificar e desburocratizar impostos para auxiliar os parlamentares.

Compras - Representantes do Conselho Temático de Micro e Pequenas Empresas (Compen) da Federação das Indústrias estiveram reunidos terça-feira (21) com a diretoria da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) para garantir às micro e pequenas empresas participação nas compras da estatal, mas Danielle Nunes, diretora de Administração e Finanças da empresa, explicou que a Emap obedece a legislação vigente e a contratação é realizada por meio de licitação e adesão de cada ata. 

Carros-pipa - Os municípios de Governador Luiz Rocha, Matões, Duque Bacelar e Gonçalves Dias vão receber R$ 1,8 milhão para contratação de carros-pipa para atender cerca de 34 mil pessoas afetadas pela seca a estiagem com fornecimento de água. 






O presidente do Conselho da Micro e Pequena Empresa da Fiema (Compem), Celso Gonçalo, reuniu representantes do Sindipan, Sindimetal, Sindrepa, Sindgraf e Sindvest com a diretoria da Emap para garantir participação das MPEs nas compras da estatal



Saneamento - Preocupada com o acesso aos recursos federais para ações de saneamento básico, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) elaborou pesquisa para aferir a situação de cada município quanto à finalização do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), instrumento de planejamento e gestão participativa para atender o Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab), que determina aos municípios possuir mecanismos de planejamento e controle social dos serviços de saneamento até o final do ano.

Seminário - O Instituto Euvaldo Lodi (IEL), órgão do Sistema Federação das Indústrias (Fiema), promove dia 8 de março o Seminário de Gestão Industrial, ação gratuita voltada para empresários, colaboradores da indústria e estudantes e discutirá os temas Segurança e Sustentabilidade, que serão abordados pelas consultoras Ana Cristina Ammirati, engenheira química e de segurança, e Valeska Trinta, economista e analista de sistema, com experiência em treinamentos na gestão pública e privada e coaching internacional.

Ministério Público abre investigação contra presidente da Câmara Municipal de Imperatriz e agência de publicidade

O Ministério Público do Maranhão propôs, na última terça-feira (21), Ação Civil Pública contra o presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, José Carlos Soares Barros (foto), e a agência de publicidade Canal Comunicações por prorrogação indevida de licitação. A ACP, elaborada pelo promotor Albert Lages Mendes, é resultado de um inquérito civil instaurado pelo MPMA para apurar denúncia de suposto desvio de dinheiro público por parte da Presidência da Câmara de Vereadores, por meio de contratos de serviços de publicidade e de buffet.

De acordo com a investigação, em 2015 a Câmara de Imperatriz realizou licitação que resultou na contratação da Canal, pertencente a empresário Chafi Braide Júnior, no valor de R$ 640 mil. Após um ano, o presidente José Carlos Barros renovou o contrato por mais um ano, sem realizar novo processo licitatório.

Pela jurisprudência do Tribunal de Contas da União, contratos de publicidade institucional não têm natureza contínua, já que visam a apenas divulgar uma determinada atividade pública. “A conduta do presidente da Câmara fere a probidade administrativa quando frustra o processo licitatório, dispensando-o indevidamente”, explica o promotor Albert Lages.

O Ministério Público pede que os acusados sejam penalizados de acordo com as sanções listadas no artigo II da Lei de Probidade Administrativa, que prevê perda de função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, ressarcimento integral do dano de forma solidária pelos acusados, pagamento de multa correspondente a duas vezes o valor do dano e proibição de contratarem com o poder público ou receberem benefícios fiscais direta ou indiretamente pelo prazo de cinco anos.

(Com dados do MP)


23 de fev de 2017

Apesar de quase tudo parar, carnaval não é feriado, portanto quem for trabalhar não tem direito a hora extra

A festa mais popular do Brasil não é considerada feriado, portanto é dia útil
Todos os anos levanta-se a polêmica sobre o feriado de carnaval, mas é bom lembrar que, apesar de ser considerada a maior festa popular e cultural do país, a data não faz parte dos calendários de feriados nacionais, estadual e municipais, embora grande parte das atividades de serviços, indústrias, comércio, bancos etc seja suspensa. A data é tida como facultativa, e não feriado oficial.

A Lei 9093/95 estabelece quais são os feriados nacionais e não inclui o Carnaval, mas permite que os municípios fixem feriados "de acordo com a tradição local", em número não superior a quatro por ano”. Assim, nos municípios que o Carnaval não for feriado municipal definido em lei, os empregados que forem convocados a trabalhar não terão direito a folga compensatória, tampouco pagamento de horas extras.

Já para as cidades em que o carnaval coincidir com um feriado local, os empregados que trabalharem nestes dias deverão ter folga compensatória em outro dia da semana. Se isso não ocorrer, deverão receber as horas extras trabalhadas com o acréscimo de pelo menos 100%, ou mais, se isso estiver previsto na convenção coletiva da categoria desse trabalhador. 

O sábado e domingo da festa são considerados dias normais. Já a segunda e terça, assim como a a quarta-feira de Cinzas, podem ser ou não definidos como pontos facultativos. Ou seja, no caso de empresas, os dias de trabalho durante o Carnaval seguem o acordado entre os empregadores e funcionários.

No Rio de Janeiro, por exemplo, a terça-feira de Carnaval foi declarada feriado estadual por meio da Lei 5243/2008. “O carioca que trabalhar tem direito a receber hora extra, inclusive”, salientou. Nos demais estados, cabe à empresa que decidir dispensar os funcionários a responsabilidade pelo pagamento de honorários e não pode descontar as horas não trabalhadas. 

Mexida de Flávio Dino na máquina pública fortalece a política e diminui os órgãos que cuidam da produção

É difícil compreender a lógica do governador Flávio Dino (PCdoB) para conter gastos na administração pública, pois, apesar dos anúncios de fusões de secretarias e outros órgãos, a estrutura do estado continua praticamente a mesma, pois ato contínuo a esses anúncios criou outros, com a diferença apenas de que deixou de prestigiar o setor produtivo para fortalecer o político.

Alegando necessidade de conter gastos com a máquina pública, o governador decidiu fundir a Secretaria de Minas e Energia, que ele nunca prestigiou, com a Secretaria de Indústria e Comércio, cujo orçamento baixou para apenas R$ 5 milhões, menos do que foi anunciado para o carnaval deste ano. Fundidas essas secretarias, que são importantes para uma política de desenvolvimento econômico, que infelizmente parece não ter, criou uma Secretaria de Relações Institucionais, só para acomodar o Pastor Porto, ex-vice governador e ex-vice prefeito de Imperatriz, que está desempregado desde o início do ano.

Outra medida anunciada pelo governador foi a fusão do Viva com o Instituto de Proteção e Defesa ao Consumidor (Procon), o que de fato já ocorria, pois o presidente era o mesmo, Duarte Júnior. Feita essa fusão, criou a Agência Executiva Metropolitana (sabe-se lá para quê), que será confiada ao vereador Pedro Lucas, com o intuito de atrair o PTB para seu projeto de reeleição em 2018.

O que se observa é que o governador cada vez prestigia mais a política do que a produção. Quantas superintendências regionais tem, por exemplo, a Secretaria de Agricultura e quantas tem a Secretaria de Articulação Política e Comunicação (Secap). Quantas secretarias extraordinárias estão agregadas no seu gabinete? Parece que a prioridade é por órgãos só produzem reuniões, folheterias, vídeos e outros instrumentos de enganação, enquanto os podem ajudar a produzir alimentos, gerar empregos, aumentar exportação etc ficam em segundo plano. É o Maranhão!

Inmetro baixa novas normas sobre obrigações para os comerciantes varejistas de autopeças

GIRO ECONÔMICO

Alerta aos comerciantes de autopeças: O Instituto da Qualidade Automotiva (IQA), organismo de certificação acreditado pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE) do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) chama atenção para a obrigatoriedade da comercialização de componentes automotivos certificados, conforme a Portaria n° 301, de 21 de julho de 2011, e isto certamente vai atiçar também a fome de multa dos fiscais do o Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA). 

Fazem parte da portaria: amortecedores de suspensão, bombas elétricas de combustível para motores do ciclo otto, buzinas ou equipamentos similares utilizados em veículos rodoviários, pistões de liga leve de alumínio, pinos e anéis de trava (retenção), anéis de pistão, bronzinas e lâmpadas para veículos automotivos.

A obrigatoriedades teria início em julho de 2014, mas após reivindicações do setor por novos prazos em função dos altos estoques na distribuição e no varejo, nova portaria (n° 29, de janeiro de 2015), estabeleceu que as exigências passariam a vigorar a partir de 1º de janeiro deste ano.

Aeroporto - A partir desta quinta-feira (23), quem chega a São Luís pela via aérea vai encontrar um ambiente mais confortável para seus desembarque, pois a Infraero inaugura uma nova sala, com 800 metros quadrados de área, climatização, duas novas esteiras de restituição de bagagem e um novo conjunto de sanitários. A nova estrutura estava em operação assistida desde o ano passado. Esse processo é necessário para que sejam verificados todos os sistemas que estão sendo disponibilizados aos usuários.

Avicultura - O Ministério da Agricultura baixou nesta terça-feira (21) uma instrução normativa que determina aos criadores de aves tomarem medidas para evitar a contaminação com a gripe aviária. Os produtores terão prazo de um ano para se adaptar às novas regras. Entre as medidas a serem tomadas está instalação de telas, isolando os animais criados de aves silvestres em todos os locais de produção. Os criadores terão ainda de instalar arcos de desinfecção para descontaminação de veículos que transitam nas propriedades.

Patrocínio - Alguns clubes de futebol estão se perguntando se devem ou não colocar a logomarca da Cemar em seus uniformes, pois a empresa é patrocinadora do Campeonato Maranhense pela Lei de Incentivo ao Esporte, mas quem se apresenta como repassador do dinheiro é o Estado. E aí? 





Na sabatina na Comissão de Constituição e Justiça, Alexandre de Moraes, defende suas credenciais para ministro do Supremo sob o olhar atento do presidente da CCJ, Edison Lobão


Privatização - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulga nesta sexta-feira (24) os primeiros editais para concessão de empresas estaduais de saneamento para a iniciativa privada. Os pregões eletrônicos ocorrerão em seis estados do Norte e do Nordeste e vão conceder ao setor privado por 20 anos a tarefa de universalizar o serviço de água e esgoto nessas regiões. Ano passado, 18 estados aderiram ao Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

Nissan  - Faltando poucas semanas para seu lançamento no mercado brasileiro, a nova Nissan Frontier, que é representada pela Concessionária Intercar, chega ao mercado brasileiro bem adaptada em termos dinâmicos. Como nas gerações anteriormente, o utilitário recebeu atenção especial da engenharia brasileira para itens como a suspensão, que foi preparada para trabalhar com conforto nos irregulares pavimentos do país, ampliando em muito a quilometragem rodada em seu desenvolvimento global.

Polícia Federal deflagra nesta quinta-feira Operação Blackout em nova fase da Lava Jato

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (23) a Operação Blackout - a 38ª fase da Operação Lava Jato. Foram cumpridos, no Rio de Janeiro, 15 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva por crimes de corrupção, fraude em licitações, evasão de divisas e lavagem de dinheiro, entre outros.

Operadores financeiros, identificados como facilitadores na movimentação de recursos indevidos pagos a integrantes de diretorias da Petrobras são o alvo da ação.

O nome da operação - Blackout - é uma referência ao sobrenome de dois dos operadores financeiros do esquema criminoso que envolve a Petrobras. O objetivo é mostrar a interrupção da atuação dos investigados como representantes do esquema.

Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Uma entrevista coletiva sobre a operação está marcada para as 10h na capital paranaense.

22 de fev de 2017

Produtores de soja do Maranhão demonstram otimismo com nível da produção deste ano após início da colheita

GIRO ECONÔMICO

Começou nesta terça-feira (21), em Balsas, a colheita de soja da safra 2016/17, num evento realizado pela Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja), com apoio da Prefeitura Municipal e do Governo do Estado. Sobre a importância desse evento, fala o presidente da Aprosoja-MA: “É uma data comemorativa. Recebemos várias entidades e outras convidadas. São mais de 15 municípios ao redor de Balsas, no sul do Maranhão, juntamente com a prefeitura. 

A dinâmica começa às 9h com o plantio da safra. Será divulgado um vídeo institucional mostrando que Balsas está preparada para o agronegócio. A iniciativa boa de reunir agricultores, associações, prefeituras e estados, Esta foi a grande iniciativa para promover o agronegócio no estado”.

O Maranhão plantou cerca de 780 mil hectares de soja e em algumas regiões, como no oeste, ainda falta cumprir 10% da área plantada, entre 5 e 10 mi hectares. No sul do estado a colheita começou no fim de janeiro. 

Desembarque - Entra em operação nesta quinta-feira (23) a nova sala de desembarque do Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado. A estrutura conta com 800 m² de área, climatização, duas novas esteiras de restituição de bagagem, e um novo conjunto de sanitários. A nova área proporciona aumento dos níveis de serviços e conforto oferecido aos usuários do aeroporto, ampliando a percepção de passageiros, empresas aéreas e demais órgãos que atuam no termina quanto aos serviços prestados pela Infraero. 

Servidores - Será realizada às 15h desta quarta-feira (22), na Assembleia Legislativa, audiência pública para que sejam debatidos o reajuste de salários dos servidores públicos estaduais e a Medida Provisória Nº 230/17, de autoria do Poder Executivo, que prevê reajuste de gratificações, mas não de salários dos professores da rede estadual, o que vem sendo contestado pela base dos educadores. Dois deputados apresentaram requerimento sugerindo o debate: Wellington do Curso (PP) e Eduardo Braide (PMN).

Agropecuários - Nesta quarta-feira (22), o presidente da União Nacional dos Fiscais Agropecuários (Unafa), Francisco Saraiva Júnior, reúne-se com fiscais estaduais agropecuários do Ceará para apresentar a pauta nacional da categoria nas lutas a serem enfrentadas em 2017. Só não pode reivindicar concurso público no Maranhão.







Alunos das escolas Anna Adelaide Bello (São Luís) e Marly Sarney (Imperatriz) do Sesi Maranhão participaram do Festival de Robótica em Minas Gerais, onde a instituição ficou com segundo melhor trabalho entre os apresentados no evento


Armas - O deputado Edilázio Júnior (PV) apresentou à Mesa Diretora a Indicação nº 096/17 para que seja encaminhado ao governador Flávio Dino expediente com vistas a isentar do ICMS armas de fogo, munições, coletes a prova de bala e outros equipamentos utilizados tanto pelas forças militares quanto empresas de segurança privada. Segundo ele, a arma de fogo está entre os dez produtos com a mais elevada carga tributária do país, tendo o alcance de mais de 70% sobre o valor do produto, o que penaliza as empresas do setor. 

Israel - O Banco do Nordeste levará três empreendedores de startups da região para intercâmbio de uma semana em Israel, país considerado polo mundial de inovação. Serão selecionados projetos que foquem uso eficiente e reuso de água, smart cities (cidades inteligentes) e uma terceira iniciativa de tema livre, definidos por chamada pública, com inscrições abertas. Os interessados podem se inscrever até o dia 03 de março pela internet na página do Hub Inovação Nordeste (Hubine): hubine.bnb.gov.br.

21 de fev de 2017

Sérgio Frota reconhece faltar dinheiro para segurança, educação e saúde, mas elogia apoio do Estado a futebol

Ao agradecer, em nome dos clubes Sampaio (que ele preside), Moto, Maranhão, São José de Ribamar, Americano, Cordino, Imperatriz e Santa Quitéria, que receberam R$ 900 mil do Governo do Estado para disputarem o Campeonato Maranhense, o deputado Sérgio Frota (PSDB) reconheceu que outros setores carecem de investimentos do governo, mas, ainda assim, acha correto a prioridade dada pelo governador Flávio Dino (PCdoB) para os times de futebol.

“Eu não tenho dúvida de que o governo é questionado demais quando nós temos carência de investimento na segurança, na educação e na saúde, investimento no esporte, mais especificamente no futebol. Eu queria lembrar que o futebol é o esporte mais popular do Brasil e um setor gerador de emprego e renda, desde jogadores, médicos, massagistas, treinadores até o mais simples vendedor de picolé e amendoim que vai aos estádios de futebol”, argumentou o deputado.

Outros R$ 900 mil serão destinados para a TV Difusora, arrendada pelo deputado Wewerton Rocha (PDT), que ganhou os direitos de transmissão do campeonato. Leia mais em Maranhão Hoje.

Eliseu Padilha é internado em Hospital do Exército com complicações urinárias por problemas na próstata

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, encontra-se internado no Hospital do Exército, em Brasília, para onde foi levado na noite desta segunda-feira (20) após apresentar problemas de obstrução urinária.

De acordo com a assessoria de imprensa do ministro, a dificuldade para urinar foi provocada por uma hiperplasia prostática benigna, mas o quadro é estável.

Padilha está em observação médica e deve ter alta na noite de hoje (21) ou amanhã (22) pela manhã. Recentemente, o ministro, que tem 71 anos, foi internado por problemas de pressão.

(Agência Brasil)

Nova sala de desembarque do Aeroporto de São Luís, Cunha Machado, será inaugurada nesta quinta-feira

Entra em operação na próxima quinta-feira (23), a nova sala de desembarque do Aeroporto Internacional de São Luís, Marechal Cunha Machado. A estrutura conta com 800 m² de área, climatização, duas novas esteiras de restituição de bagagem e um novo conjunto de sanitários, proporcionando aumento de serviços e conforto oferecido aos usuários, bem como ampliando a percepção de passageiros, empresas aéreas e demais órgãos que atuam no termina quanto aos serviços prestados pela Infraero.

“A nova sala de desembarque estava em operação assistida desde o final do ano passado. Esse processo é necessário para que verifiquemos todos os sistemas que estão sendo disponibilizados aos usuários e, caso necessário, façamos alguns ajustes”, explica o superintendente do Aeroporto de São Luís, Sérgio Kennedy Soares Freitas.

A obra de ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto de São Luís compreende a instalação de quatro módulos operacionais - de embarque, de desembarque, check-in e check-out -, e teve investimentos da ordem de R$ 17 milhões. Com os módulos, a área do terminal passará dos atuais 6,2 mil m² para 11,1 mil m², ampliando a capacidade de passageiros de 4,4 milhões de embarques e desembarques/ano para 5,9 milhões/ano. Em 2016, foram registrados 1.520.847 passageiros.

Já a nova sala de embarque, com área de 1.115 m², também está em período de operação assistida, e deve entrar em funcionamento definitivo até o final de março.

Plantio de soja para a safra 2016/17 começa a ser colhida nesta terça-feira no município de Balsas

GIRO ECONÔMICO

O presidente da Associação dos Produtores de Soja do Maranhão (Aprosoja-MA), José Carlos Oliveira de Paula, recepciona nesta terça-feira (21), na Fazenda Cajueiro, em Balsas, para a largada da colheita do grão no estado, cuja colheita está estimada, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em 2,648 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 111,7% na comparação com a produção do ano passado, que foi de 1,250 milhão de toneladas. 

Otimismo é o que não falta entre os produtores agrícolas, haja vista ter chovido satisfatoriamente nos meses que antecederam o plantio, e o resultado anima os dirigentes do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram), que poderão assistir este ano a uma recuperação no movimento da cargas no porto do Itaqui, que teve queda no seu desempenho em 2016 justamente por conta da quebra na produção agrícola que influenciou nas exportações da soja.

De acordo com a Conab, a área plantada para a safra de soja deste ano aumentou de 786,3 mil para 951,4 mil hectares e a produtividade, que era de 1,590 mil quilos por hectare terá aumento de 75%, ou seja, passará para 2,782 mil quilos por hectare. Leia reportagem em Maranhão Hoje.

Chevrolet - A Chevrolet, em São Luís representada pelo Grupo Dalcar, acaba de lançar a campanha “Você na direção da mudança”, na qual apresenta o Cruze 2017 e mostra que a transformação do mundo começa mesmo dentro de cada um e em cada gesto. “Com essa estratégia conseguiremos passar uma mensagem forte conectada ao que acontece na sociedade e trazendo uma mudança de paradigma no conceito de carros sedã”, diz Hermann Mahnke, diretor de marketing da General Motors Mercosul.

Cestas - Prossegue até quinta-feira (23) a distribuição, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), das cestas de alimentos para famílias acampadas no Maranhão que aguardam reforma agrária. Estão recebendo nesta primeira etapa, agricultores de Barra do Corda, Tuntum, Duque Bacelar, Mangabeira, Presidente Vargas e Coroatá. Na segunda fase, que vai de 03 a 31 de março, recebem os acampados de Igarapé do Meio, Pindaré-Mirim, Governador Newton Belo, Zé Doca, Araguanã e Anajatuba.

Carnaval - Pesquisas sobre comportamento dos brasileiros indicam que 35% da população brincam carnaval, e aí surge a pergunta: é justo o Estado pegar as contribuições de 100% da população e investir para diversão de uma minoria ou caberia a cada folião e agremiação carnavalesca bancar sua própria farra?



Mesmo afastado das funções parlamentares, o ex-vereador José Joaquim (segundo à direita) ainda é um dos políticos mais prestigiados no meio empresarial, como atesta o registro com Jurandi Teophilo (Aje-MA), Felipe Mussalém (ACM) e Frabrízio Dualibe (ACM)



Nordeste - A solução da crise hídrica enfrentada na região será prioridade em 2017, conforme entendimento da bancada nordestina no Senado, onde estão os maranhenses Edison Lobão (PMDB), João Alberto (PMDB) e Roberto Rocha (PSB). Os 27 parlamentares que representam os nove estados do Nordeste querem se reunir com o presidente Michel Temer a fim de pedir alternativas definitivas para investimentos na transposição e revitalização do Rio São Francisco e outras medidas para contenção da seca.

Heineken - Há uma apreensão entre os trabalhadores da fábrica da Brasil Kirin, fabricante dos produtos Schin (cerveja, refrigerante e água), em Caxias, depois do anúncio de que a empresa está sendo vendida para a gigante holandesa Heineken. Tudo por conta dos ajustes que devem ser feitos pela nova proprietária, pois não querem correr risco de desativação da indústria inaugurada em 2009, quando ainda pertencia à Schincariol, tampouco de enxugamento da estrutura que possa gerar desemprego na região.

18 de fev de 2017

Novas contratações para construções pelo Minha Casa, Minha Vida começam nos próximos meses, diz Ministério

GIRO ECONÔMICO

Em nota distribuída nesta sexta-feira (17), o Ministério das Cidades contesta as informações de que o Programa Minha Casa, Minha Vida esteja paralisado e garante que as novas contratações de 2017 para a Faixa 1 terão início no próximo mês, conforme o planejamento da Pasta, estando previstas 170 mil novas unidades habitacionais que atendem famílias com renda até R$ 1.800. 

Ainda de acordo com o Ministério, em 2016, foram 3 mil 974 novas contratações de unidades habitacionais no Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), vinculadas ao PAC nas áreas de saneamento e mobilidade urbana, 11.779 unidades na modalidade “Entidades” e mais 19.258 unidades na modalidade “Rural”. Ao mesmo tempo, foram retomadas 28 mil unidades, paralisadas desde 2015.

Na nota é informado que com a ampliação da faixa de atendimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) dentro do PMCMV, o Ministério das Cidades vai atender a um número maior de famílias nas operações de financiamento com recursos do Fundo.

Esmam - A nova Diretoria da Escola Superior da Magistratura do Maranhão (Esmam), que tem os desembargadores Paulo Velten e José de Ribamar Castro como diretor e vice-diretor, foi empossada nesta sexta-feira (17) pelo presidente do Tribunal de Justiça, Cleones Cunha. A instituição é voltada para capacitação de servidores do judiciário, já tendo passado por ela centenas de magistrados e milhares de servidores em cursos, palestras, seminários, entre outras atividades por ela desenvolvidas.

Amasp - Numa cerimônia discreta, da qual participaram apenas empresários dos ramos atacadista e varejista, tomou posse esta semana a nova diretoria da Associação Maranhense de Supermercados (Amasp), que tem o empresário Ilson Mateus, dono da maior rede varejista do Maranhão, Supermercados Mateus. O novo presidente prometeu desenvolver esforços com vistas ao fortalecimento de toda a cadeia supermercadistas, em parcerias com órgãos públicos e privados.

Financiamento - O financiamento de veículos novos caiu 9,9% no ano passado, segundo balanço da Associação Nacional das Empresas Financeiras de Montadoras (Anef). Foram liberados R$ 80,2 bilhões em empréstimos para aquisição de veículos, ante R$ 92 bilhões em 2015. 





Ilson Mateus (segundo à esquerda) com a nova diretoria da Associação Maranhense de Supermercados (Amasp), empossada no início desta semana



Acampados - Acampados que aguardam por reforma agrária no Maranhão receberão em março 735 cestas de alimentos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), numa ação do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) para atender comunidades em situação de insegurança alimentar. São 735 famílias acampadas em Igarapé do Meio, Pindaré-Mirim, Governador Newton Belo, Zé Doca, Aragunã e Anajatuba que vão receber cestas com 14 quilos de alimentos: arroz, farinha de mandioca e açúcar. 

Saúde - O ano de 2017 começou com nova redução no total de beneficiários de planos de saúde médico-hospitalar e apenas em janeiro, 306,4 mil vínculos foram rompidos no país e no período de 12 meses 1,6 milhão de beneficiários deixaram de contar com o benefício. No total, o mercado brasileiro de planos de saúde médico-hospitalares conta, agora, com 47,6 milhões de beneficiários, uma queda de 0,64% em relação a dezembro do ano passado, de acordo com nota do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS).

17 de fev de 2017

Deputado Jair Bolsonaro só perde para Lula na pesquisa espontânea para presidente da República em 2018

Jair Bolsonaro aparece bem colocado na pesquisa para presidente da República
Pesquisa realizada pelo Instituto MDA, divulgada quarta-feira (15) pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), mostra que o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) só perde para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na pesquisa espontânea para presidente da República em 2018. A pesquisa foi realizada entre os dias 08 a 11 de fevereiro e mostra a avaliação dos índices de popularidade do governo e pessoal do presidente Michel Temer, que é aprovado por apenas 10,3% dos entrevistados.

Sobre a sucessão presidencial, na pergunta espontânea, Lula aparece em primeiro lugar com 16,6% e Jair Bolsonaro, em segundo, com 6,5%. Nos cenários em que são apresentadas várias opções, o deputado fluminense aparece em terceiro ou quarto lugar, sempre colado com os que estão à sua frente. 

Polêmico, defensor de teses consideradas politicamente incorretas, mas que agradam à população, principalmente quando o assunto é segurança pública, o deputado passou a ser visto, depois dessa pesquisa, como uma força que não deve ser desprezada.

Confira os números:

  • Intenção de voto espontânea - Lula: 16,6%; Jair Bolsonaro: 6,5%; Aécio Neves: 2,2%; Marina Silva: 1,8%; Michel Temer: 1,1%; Dilma Rousseff: 0,9%; Geraldo Alckmin: 0,7%; Ciro Gomes: 0,4%; Outros: 2,0%; Branco/Nulo: 10,7%; Indecisos: 57,1%
  • Cenário 2 - Lula 30,5%, Marina Silva 11,8%, Jair Bolsonaro 11,3%, Aécio Neves 10,1%, Ciro Gomes 5,0%, Michel Temer 3,7%, Branco/Nulo 16,3%, Indecisos 11,3%
  • Cenário2 - Lula 31,8%, Marina Silva 12,1%, Jair Bolsonaro 11,7%, Geraldo Alckmin 9,1%, Ciro Gomes 5,3%, Josué Alencar 1,0%, Branco/Nulo 17,1%, Indecisos 11,9%
  • Cenário 3 - Lula 32,8%, Marina Silva 13,9%, Aécio Neves 12,1%, Jair Bolsonaro 12,0%, Branco/Nulo 18,6%, Indecisos 10,6%

Sindicato dos Fiscais Agropecuários está proibido de reivindicar nos próximos dois anos concurso na Aged

O Sindicato dos Servidores da Fiscalização Agropecuária do Estado do Maranhão (Sinfa) está proibido de fazer greve pelos próximos 24 meses, isto é, até o final do atual governo, com reivindicações sobre cumprimento da realização de concurso público e reajuste de auxílio alimentação, que foram as pautas do último movimento, realizado no segundo semestre do ano passado. É o que consta no acordo firmado em audiência de conciliação realizado nesta quinta-feira (16) entre a entidade trabalhista e a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged).

Na audiência, presidida pelo desembargador Marcelino Ewerton, as partes decidiram pelo término do movimento grevista, com a compensação dos cortes de ponto por meio de horas a serem trabalhadas nos próximos dois anos, nos termos da Portaria nº 1065/2016, que prevê a possibilidade de compensação intrajornada a critério do servidor.

Ficou acordado que o Sindicato não deflagrará movimento grevista, pelo prazo de 24 meses, sobre as pautas objetos do processo em questão – realização de concurso público e reajuste de auxílio alimentação –, sendo assegurado à Aged o corte de ponto, caso haja descumprimento da compensação acordada na vigência do período de compensação.

O Ministério Público, representado pela subprocuradora-geral de Justiça para assuntos jurídicos, Mariléa Campos Costa, manifestou-se favorável ao acordo. 

Participaram da audiência de conciliação o procurador do Estado, Vanderley Ramos dos Santos; o presidente do Sinfa/MA, Francisco Saraiva (acompanhado do advogado Gedecy Medeiros) e Roberval Raposo Júnior, pela Aged, acompanhado do advogado Giuliano Araújo.

Acampados no Maranhão a espera de reforma agrária recebem cestas de alimentos doadas pela Conab

Trabalhadores sem terra acampados no interior do Maranhão que aguardam por reforma agrária vão receber, no próximo mês, 735 cestas de alimentos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A ação é desenvolvida em Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e visa atender comunidades em situação de insegurança alimentar. Serão contempladas 735 famílias.

Cada cesta conta com 14 quilos de alimentos: 10 kg de arroz, 2 kg de farinha de mandioca e 2 kg de açúcar. Os produtos serão distribuídos pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em duas etapas.

A primeira fase das entregas será entre os dias 15 e 23 de fevereiro, nos municípios de Barra do Corda, Tuntum, Duque Bacelar, Mangueira, Presidente Vargas e Coroatá serão beneficiados. Já os acampados das cidades de Igarapé do Meio, Pindaré Mirim, Newton Belo, Zé Doca, Aragunã e Anajatuba, receberão as cestas entre os dias 3 e 11 de março.



Infosolo não terá monopólio para registro dos contratos de financiamento de veículos no Detran, diz diretora

GIRO ECONÔMICO

Ao participar quarta-feira (15) da sessão plenária da Associação Comercial do Maranhão para esclarecer dúvidas sobre cobrança de taxa para registro eletrônico de contratos de financiamento de veículos, a diretoria do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA), Larissa Abdalla (foto), garantiu que a Infosolo Informática não terá exclusividade para prestar o serviço e que duas outras empresas – N2O Tecnologia da Informação e HD Soluções e Sistemas – também se habilitaram no processo licitatório e estão em fase de verificação dos seus dados para homologação de contratos, mas caso não comprovem condições de atender às instituições financeiras outras serão chamadas. 

Segundo ela, apenas sete empresas no Brasil têm condições de atender às exigências do registro eletrônico baixadas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Empresários do ramo de veículos sugerem, então, que a cobrança vigore somente quando mais de uma estiverem aptas a prestar o serviço, pois ficará estabelecida a disputa entre elas e os bancos para que estes definam por qual registrarão seus contratos.

Combustíveis - As vendas de combustíveis no Brasil caíram em 2016 4,5% em relação a 2015, passando de 141,811 bilhões para 135,436 bilhões de litros. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (16) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP). Segundo a agência, houve, ainda, redução de 5,1% na venda de óleo diesel B, que passou de 57,211 bilhões para 54,279 bilhões de litros. Por outro lado, as vendas de gás liquefeito de petróleo cresceram 1,1%.

Registro - Na polêmica envolvendo instituições financeiras e a Infosolo por conta da cobrança para registro de contratos de financiamento de veículos, desperta curiosidade o fato de que antes da licitação do Detran outra empresa, a FDL, cobrava pelo mesmo serviço (só que manual) R$ 400,00 e isto nunca foi questionado. Vale destacar ainda que a portaria do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) não exige a terceirização do serviço, apenas faculta a cada Departamento de Trânsito fazer essa contratação. 

Expoema - Repercutiu no Piauí, Pará e outros estados a notícia publicada nesta quinta-feira (16) pelo Jornal Pequeno e site Maranhão Hoje sobre a volta da Expoema em 2017, que terá como palco o parque de exposição de Bacabal, e isto é sinal de que poderá ser um evento de grande movimentação de negócios.




Na sessão plenária de quarta-feira, na Associação Comercial, a diretora do Detran, Larissa Abdalla (C), com Manoel Dias (Alvema), Felipe Mussalém (ACM), Paulo César Oliveira (Duvel) e as diretoras da entidade Márcia Nadler e Edna Montenegro



Veículos - Gol, Pálio e Fiesta lideram o ranking dos automóveis mais procurados no comércio em 2016. Segundo levantamento da AutoAvaliar em mais de 1,5 mil concessionárias de veículos e cerca de 20 mil revendedores multimarcas no Brasil, os três modelos tiveram a maior procura pelos lojistas para alimentar o estoque e a oferta no varejo. No ranking dos dez mais aparecem também Fox, Celta, Sandero, C3, Tucson, Uno e Peugeot 207. Já nas vendas de janeiro, o primeiro da lista é o Pálio, seguido por Gol, Fiesta e Fox.

Renda - O prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo (PCdoB), lançou quarta-feira (15) uma iniciativa inédita com vistas à geração de renda para comunidades carentes em seu município: o Banco do Povo. A proposta é fornecer um valor que varia de R$ 500,00 a R$ 900,00 para pessoas que desejam melhorar ou iniciar seu próprio negócio. Na primeira fase, a Prefeitura estima um investimento entre R$ 500 e R$ 800 mil com atendimento de pessoas residentes na sede e nos povoados Pedreiras e Cariombo.

16 de fev de 2017

Ministro do STJ manda arquivar ação movida pelo PMDB contra conselheiro Edmar Cutrim, ex-presidente do TCE

O ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou o arquivamento de uma ação movida pelo diretório nacional do PMDB contra o conselheiro e ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), Edmar Cutrim (foto).

A ação foi proposta em 2014 e o partido alegou suposto abuso de poder político praticado no processo eleitoral para governador.

Felix Fischer seguiu parecer do Ministério Público Federal que afirmou, após a realização de inúmeras diligências, não ter encontrado nos autos elementos que vinculem o conselheiro as condutas que deram origem à investigação, nem elementos que justifiquem a continuidade da apuração. “Ante as razões expostas pelo Ministério Público Federal, determino o arquivamento da presente sindicância”, disse o ministro.

Ainda em 2014, Fischer já havia negado liminar solicitada pelo PMDB na qual o partido pleiteava o afastamento de Edmar Cutrim da presidência do TCE. Ele baseou sua decisão no entendimento do próprio Ministério Público Federal, que considerou a “ilegitimidade da legenda partidária para pleitear medida cautelar de natureza processual penal em face de delito de ação pública incondicionada, mormente não sendo encampada pelo Parquet, por falta de evidências”.


Suape ultrapassa Itaqui na movimentação de cargas e porto maranhense cai para 6º lugar no ranking da Antaq

O Anuário Estatístico Aquaviário 2016 divulgado quarta-feira (15) pela Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq) coloca o Itaqui em sexto lugar no ranking dos portos organizados que mais movimentaram carga em 2016. Com um volume de 17,082 milhões de toneladas, o porto maranhense foi ultrapassado por Suape, de Pernambuco, onde foram movimentadas 22,747 milhões de toneladas.

De acordo com a Antaq os fatores que mais contribuíram para esta queda no Itaqui foram as diminuições no transporte de grãos e graneis líquidos, isto é, combustíveis. A reportagem completa sobre a estatística está no site Maranhão Hoje.

Veja o ranking dos portos organizados:
  1. Santos (SP)  - 96,935,079 
  2. Itaguaí (RJ) - 58,763,201 
  3. Paranaguá (PR) - 40,053,489 
  4. Rio Grande (RS)  - 24,114,921 
  5. Suape (PE) - 22,747,980 
  6. Itaqui (MA) - 17,082,085 
  7. Vila Do Conde (PA) - 16,178,164 
  8. São Francisco Do Sul (SC) - 10,082,740 
  9. Vitória (E) - 6,467,426 
  10. Aratu (BA) - 6,192,286 
  11. Rio De Janeiro (RJ) - 5,351,752 
  12. Imbituba (SC) - 4,803,186 
  13. Santarém (PA) - 4,728,465 
  14. Fortaleza (CE) - 4,632,848 
  15. Salvador (BA) - 4,562,312 
  16. Areia Branca (RN) - 4,205,121 
  17. Porto Velho (RO) - 2,447,623 
  18. Belém (PA) - 2,337,665 
  19. Maceió (AL) - 1,963,511 
  20. Itajaí (SC) - 1,860,703 
  21. Recife (PE) - 1,530,038 
  22. Antonina (PR) - 1,305,962 
  23. Porto Alegre (RS) - 1,052,153 
  24. Cabedelo (PB) - 962,977
  25. Santana (AP) - 799,021 
  26. Natal (RN) - 677,121 
  27. São Sebastião (SP) - 606,776 
  28. Ilhéus (BA) - 209,962 
  29. Pelotas (RS) - 85,007 
  30. Manaus (AM) - 41,199
  31. Forno (RJ) - 38,140
  32. Niterói (RJ) - 30,620 

Em encontro com Flávio Dino, presidente da CNA diz que sua prioridade é atender o pequeno produtor rural

Durante encontro com o governador do Maranhão, Flávio Dino, na noite desta quarta-feira (15), no Palácio dos Leões, o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, afirmou que a prioridade “é atender os pequenos e os médios produtores porque eles não dispõem de assistência técnica, diferente dos grandes produtores”.

Martins defendeu a adoção de programas específicos para a região Nordeste como forma de minimizar “as terríveis desigualdades existentes entre as diversas regiões do país”. Já o governador do Maranhão, Flávio Dino, disse que é preciso voltar a gerar empregos para o povo. “E sem agricultura não se desenvolve o Brasil”.

O presidente da CNA disse que uma das formas encontradas pela entidade para superar os gargalos da comunicação com o produtor rural foi a criação do Canal do Produto TV. “Estamos vivendo na era da comunicação”, disse.

Uma maneira prática de iniciar essa mudança, explicou Martins, é levar informação direta ao homem do campo. Dentro desse objetivo, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) colocará na sede de cada um dos sindicatos rurais um aparelho de televisão e uma antena parabólica. Com isso, os pequenos produtores terão acesso aos programas do Canal do Produtor TV. Leia mais em Maranhão Hoje.