3 de fev de 2017

Ministro do Turismo promete à presidente do Iphan apoio para aumentar os recursos do PAC Cidades Históricas

GIRO ECONÔMICO

O Ministério do Turismo vai ajudar o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) a garantir recursos para o PAC das Cidades Históricas, programa que tem uma previsão orçamentária na ordem de R$ 250 milhões. A ideia é unir esforços para evitar que este montante sofra com o contingenciamento de recursos federais. 

Em reunião com a presidente do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, nesta quarta-feira (1º), o ministro do Turismo, Marx Beltrão, garantiu que defenderá junto ao governo federal que os recursos previstos para a recuperação de monumentos históricos sejam liberados. “A preservação da nossa memória é fundamental para o turismo”, comentou Marx.

Kátia Bogéa propôs que o Ministério e o Iphan trabalhem em parceria para reativar a Associação das Cidades Históricas junto com os órgãos locais de gestão. Atualmente, o Brasil tem 20 sítios considerados patrimônios mundiais da humanidade pela Unesco. 

Coragem - Ao discursar na solenidade em que foi empossado presidente da Associação Comercial do Maranhão, o empresário Felipe Mussalém disse que a palavra de ordem da sua gestão será coragem, para enfrentar os desafios que vêm pela frente a fim de garantir uma boa representação do empresariado local. Aos membros da diretoria, disse que ninguém foi obrigado a aceitar o convite para integrar a chapa que venceu a eleição, porém todos, a partir de agora, estão obrigados a se comprometer com a Casa.

Informática  - O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) está com matrículas abertas para o curso Informática para concursos, que possibilita o desenvolvimento de competências para operacionalizar as ferramentas do sistema Windows, navegar na internet, editar e formatar textos no Word. O curso desenvolve competências exigidas para que o candidato possa exercer uma determinada função dentro da área de computação, trabalhando o conhecimento e uso de recursos básicos no computador. 

Presidente - De volta ao Maranhão, depois de uma temporada no Mato Grosso, Júlio Noronha reassumiu sua militância na política empresarial e nesta terça-feira (30 de janeiro) foi eleito presidente do Conselho Superior da Associação Comercial para suceder Luiz Carlos Cantanhede Fernandes.











Felipe Mussalém recebendo de Júlio Noronha o diploma de presidente da ACM sob o olhar do seu vice, Fabrízio Dualibe

Agência - Para quem se assustou com o anúncio do Banco do Brasil de que, dentre as agências a serem desativadas no Maranhão, uma delas é da Praça Deodoro, em São Luís, o superintendente Ingo Kobarg Júnior informa que nada vai mudar no atendimento ao público, pois numa mesma instalação funcionam duas agências, portanto apenas uma será desativada e toda a estrutura será assumida pela que ficar. Segundo ele, a única mudança é que em vez de quatro gerentes agora vai ser apenas um.

Funcionalismo - O ex-secretário estadual de Gestão e Previdência Fábio Gondim profere palestra nesta sexta-feira (03), às 14h, no auditório da OAB-MA, onde será realizado um seminário organizado pelo Fórum de Defesa das Carreiras do Poder Executivo dos Servidores Públicos do Estado do Maranhão. Outro palestrante é o defensor público Idevalter Nunes. Na oportunidade, será lançada a segunda etapa do Plano Geral de Carreiras e Cargos do Poder Executivo (PGCE) e a recomposição da inflação de 2014 a 2016.

Nenhum comentário: