26 de fev de 2017

Revista aborda o drama vivido por quem necessita de serviços de saúde no Maranhão, seja rico ou pobre

A revista Maranhão Hoje de fevereiro, que está nas bancas, traz como principal destaque uma reportagem sobre o drama da saúde no estado, que não afeta apenas os pobres e miseráveis, mas também aqueles que possuem planos de saúde top ou mesmo dinheiro dinheiro para custear seu tratamento.

A revista traz também uma entrevista com o senador Roberto Rocha (PSB), que além de criticar o governador Flávio Dino (PCdoB), que, segundo ele, prometeu um choque de capitalismo e está dando um choque nos capitalistas, com aumento de impostos, ameaças a empresários etc, se coloca à disposição para sucedê-lo.

Na seção Gente de Expressão, uma reportagem sobre o poder que ainda exerce o ex-senador José Sarney (PMDB-AP), mesmo não exercendo nenhum cargo eletivo.

Outros destaques:
  • Caxias terá fábrica da Heineken com a aquisição da Brasil Kirin, fabricante dos produtos Schin
  • Expoema volta a ser realizada em 2017, mas sai de São Luís e vai para Bacabal
  • Carlos Brandão diz que está firme no comando do PSDB no Maranhão
  • Eliziane Gama assume coordenação de campanha contras drogas
  • Apesar da queda do Itaqui na ranking nacional dos portos brasileiros, o Maranhão ainda é o segundo estado em movimentação de cargas pelo transporte marítimo
  • Empresários pedem mais diálogo com o Governo do Estado

Maranhão Hoje é uma publicação mensal da Class Mídia. É disponibilizada nas principais bancas de São Luís e do interior do estado. Assinaturas podem ser pedida pelos emails aquilesemir@uol.com.br e maranhaohoje@uol.com.br ou ainda pelos telefones (98) 99114-1454, 99112-5406 e 988356261.

Nenhum comentário: