27 de fev de 2017

Roberto Rocha diz que Flávio Dino prometeu choque de capitalismo, mas está é dando choque nos capitalistas

Roberto Rocha volta a criticar governador Flávio Dino, de quem foi aliado
O senador Roberto Rocha (PSB), em mais um crítica ao governador Flávio Dino (PCdoB), de quem foi aliado na eleição de 2014, disse numa entrevista exclusiva à revista Maranhão Hoje, que está nas bancas, que, ao contrário do prometido choque de capitalismo, está dando choque nos capitalistas, com sua política de aumento de impostos e outras dificuldades criadas aos empresários que querem empreender no Maranhão. O senador chega a ser irônico quando convidado a analisar a política de desenvolvimento do atual governo.

O senhor acha que o atual governo tem sabido conduzir uma política de desenvolvimento para o Maranhão?, indagam os entrevistadores (Aquiles Emir e Diego Emir).

- Qual é essa política? Ampliar o que já existe, sem quebrar a lógica perversa que mantém o Maranhão no atraso? É muito pouco para o nosso potencial, responde.

Onde ele estaria acertando e errando?, insistem os jornalistas.
- Acerta eventualmente no varejo, mas erra no atacado. O principal erro, infelizmente, é o interdito ideológico que não permite ver que apenas com o desenvolvimento econômico podemos sustentar um verdadeiro desenvolvimento social. Nesse sentido, minha maior diferença é justamente de visão do papel do Estado. O governador anunciou um choque de capitalismo, mas até o momento tem dado choque apenas nos capitalistas, aumentando impostos e taxando a produção. Critico o comunismo para não ver meu estado sofrer um choque anafilático, critica o senador. Leia mais em Maranhão Hoje.

Nenhum comentário: