12 de mar de 2017

Bacabeira é um dos lugares mais estratégicos para construção de uma refinaria de petróleo, dizem indianos

GIRO ECONÔMICO

A maldade política leva muita gente a distorcer os critérios técnicos que levaram a Petrobras a escolher Bacabeira para sediar uma refinaria de petróleo, principalmente depois do seu fracasso e por conta ainda dos atores que estavam no palco no dia do lançamento de sua pedra fundamental – Dilma, Lula, Sarney, Lobão, Roseana etc -, mas o deputado José Reinaldo Tavares (PSB), numa entrevista a este jornalista e Diego Emir, para a revista Maranhão Hoje de março, disse ter ouvido de indianos e iranianos interessados em trazer um empreendimento do gênero para o mesmo local que este é um dos melhores lugares do Brasil para esse tipo de negócio, devido, dentre outros fatores, à localização geográfica. 

Zé Reinaldo não tem dúvida de que o Maranhão terá sua refinaria, apesar da estatal brasileira não querer mais dar continuidade com a Premium I, mas outras petrolíferas mundiais querem investir nisso.

O que não se sabe é quando, pois, se fosse aprovada agora, ficaria pronta somente após um eventual segundo mandato do governador Flávio Dino (PCdoB), já que o tempo médio para esse tipo de obra é de sete anos, embora muitos tenham acreditado no devaneio do ex-presidente Lula, que ao lançá-la em 2010 prometeu inaugurar em 2014.

Panificação - O Moinho M. Dias Branco lançou, semana passada, em Fortaleza (CE), o Projeto de Encadeamento Produtivo para Desenvolvimento de Distribuidores e Transformadores de Farinha que atenderá 800 empreendedores individuais e micro e pequenas empresas que atuam na cadeia produtiva do trigo - panificadoras, confeitarias, pizzarias e distribuidores – nos estado do Maranhão, Ceará, Paraíba, Bahia, Rio Grande do Norte e Pernambuco. A iniciativa conta com apoio do Sebrae Nacional.

Premiação - A Associação Comercial do Maranhão realiza na próxima quarta-feira (15) a solenidade de premiação aos vencedores do concurso Empresa do Ano, que são: Montenegro Express, categoria micro e pequena empresa; Centro de Ensino Médio, Profissionalizante e Superior do Maranhão (Cemp), na categoria Média Empresa; e Psiu Indústria de Bebidas, na categoria Grande Empresa. A solenidade está marcada para às 19h30, no Palácio do Comércio, na Praça Benedito Leite (Centro).

Rádio - A Difusora (680 kw) será a primeira emissora de rádio do Maranhão a sair da Amplitude Modulada (AM) para migrar para a Frequência Modulada (FM), e mais: será a única estão do Sistema Difusora a ficar sob controle de Lobão Filho, que está vendendo seu império de comunicação para o deputado Wewerton Rocha (PDT).



No encontro em que foi debatida melhoria para os distritos industriais do Maranhão, Albertino Leal, Carlos Jorge Taborda, Rachid Abdalla, Simplício Araújo, Luiz Fernando Renner e Henrique Polary



Distritos - A situação dos distritos industriais, dentre eles o de São Luís, alvo de invasões e outros tipos de abandono, motivou o presidente do Conselho Temático Permanente de Política Industrial e Desenvolvimento Tecnológico (Copin) da Federação das Indústrias (Fiema), Luiz Fernando Renner, a promover um encontro com secretário da Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, que apresentou um balanço das realizações do governo nessas áreas e prometeu atender às demandas da classe empresarial.

Inadimplência - A falta de cuidado na hora de transferir um veículo levou milhares de pessoas no Maranhão a engrossar os cadastros de inadimplentes no Serasa e SPC, pois os compradores nunca cuidaram do novo registro no Detran, muito menos de pagar IPVA e demais obrigações, levando os donos originais e ficarem como devedores, a maioria sem saber onde encontrar veículo e usuário atual, mas mesmo assim todos foram negativados pela Secretaria de Fazenda e estão impossibilitados de voltar ao mercado.

Nenhum comentário: