21 de mar de 2017

Brasileiros já pagaram mais de R$ 500 bilhões em impostos em menos de três meses deste ano

GIRO ECONÔMICO

O Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), marcou nesta segunda-feira (20), R$ 500 bilhões já pagos pelos brasileiros em impostos, taxas e contribuições somente neste ano, sem descontar a inflação. Na comparação com o ano anterior, o painel atingiu esse valor no dia 29 de março, ou seja, em 2017 os R$ 500 bilhões foram atingidos nove dias antes de 2016. 

Segundo o presidente da ACSP e da Federação da Associação Comercial de São Paulo (Facesp), Alencar Burti, o aumento de arrecadação de um ano para outro é um incentivo para que o governo federal descarte elevação ou criação de impostos. Esse crescimento é sinal de que a recessão perde força e a economia começa a reagir.

“O controle de gastos e as reformas ajudarão a sanear as contas públicas nos próximos anos. Por isso, vemos como desnecessário qualquer aumento tributário porque retardaria a retomada da economia”, afirma Burti.

Cemar - Sobre sua inclusão entre as empresas mais reclamadas do Brasil, a Cemar, em nota, informa que possui mais de 2,2 milhões de clientes e trabalha para melhorar cada vez mais os serviços prestados à população maranhense. Mensalmente a Companhia realiza cerca de 60 milhões de serviços operacionais em todo o estado e está empenhada em tratar todas as reclamações recebidas por seus clientes em busca de sua satisfação. A empresa oferece canais de atendimento gratuitos pelo fone 116, agências de atendimento e site www.cemar116.com.br.

Lançamento - A Entreposto Nissan Holandeses fará nesta terça-feira (21), a partir das 19h, a apresentação do Nissan Frontier, que traz em sua nova versão itens de resistência e conforto adotados com o que existe de mais moderno na indústria automotiva. Além da potência, o veículo se destaca pela economia do novo motor Bi-Turbo Diesel, que nos testes de engenharia mostrou máximo de desempenho e baixo consumo de combustível. O veículo vem para aquecer mais ainda o segmento de SUVs e picapes.

Guserias - No Espírito Santo, ao contrário do Maranhão, as indústrias de ferro-gusa apostam que o mercado vai se recuperar, tanto que a Vale já anuncia para até 2018 a reativação de duas usinas, além da fábrica de pelotas em São Luís. 





Na noite de premiação em que recebeu o diploma da Empresa do Ano, Edna Montenegro, da Montenegro Express, com o reitor do Ceuma, Saulo Martins, e o vice-presidente do Sinduscon-MA, Edmilson Pires


Gastronomia - A partir desta semana, todas as terças-feiras, a começar de hoje, quem frequentar o buffet do almoço do Restaurante Escola do Senac, na Rua de Nazaré (Centro Histórico), vai poder degustar comida japonesa, que será preparada, na frente dos clientes pelo instrutor e sushiman Samuel Gomes. Afinal de contas, trata-se de uma opção gastronômica muito demandada, mas que necessita de cuidados especiais, já que é preparada com peixes, mariscos, frutas, legumes etc crus.

Transporte - O setor de transporte criou 1.818 novas vagas de trabalho em fevereiro deste ano, resultado positivo que se deve, em parte, à recuperação do nível de atividade econômica do Brasil, uma vez que, à medida que os setores voltam a produzir, demandam o serviço de transporte para receber insumos e distribuir mercadorias, seja no mercado interno, seja no externo. Outro fator que impactou a abertura de vagas no setor é o início do escoamento da safra de soja, como é o caso do Maranhão.

Nenhum comentário: