22 de mar de 2017

Cesta básica de alimentos em São Luís é uma das mais baratas do Brasil, segundo pesquisa do Dieese

GIRO ECONÔMICO

Em fevereiro de 2017, a cesta de alimentos básicos, em São Luís, aumentou 0,14% em comparação com janeiro e custou R$ 354,45, ficando como a sexta capital brasileira com o menor custo para o conjunto básico de alimentos, entre as 27 pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Com base nesses dados, o trabalhador ludovicense, cuja remuneração equivale ao salário mínimo necessitou cumprir jornada de trabalho, em fevereiro, de 83 horas e 13 minutos, maior que o tempo necessário em janeiro, de 83 horas e 07 minutos. Em fevereiro de 2016, a jornada era de 88 horas e 49 minutos. 

Em fevereiro, o custo da cesta em São Luís comprometeu 41,12% do salário mínimo líquido (após os descontos previdenciários). O percentual exigido foi de 41,06%. Já em fevereiro de 2016, o comprometimento foi de 43,88% do salário mínimo.

Lojistas - A Superintendente Regional do Trabalho e Emprego no Maranhão, Léa Cristina da Costa Silva, participa nesta quarta-feira (22), a partir das 12h, no Grand São Luís Hotyel (Centro), da primeira sessão plenária da Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL). Além importância do tema, o presidente da entidade, Fábio Ribeiro, aguarda um comparecimento maciço dos associados porque, na oportunidade, apresentará que a entidade vai desenvolver no exercício de 2017.

Água  - Até sexta-feira (24), o Parque Botânico Vale, no Anjo da Guarda, vai oferecer a seus visitantes uma agenda de atividades voltada o Dia da Água, comemorado nesta quarta-feira (22). Com o tema "Água e suas utilidades para o desenvolvimento sustentável", a Semana da Água contempla atividades como palestras, apresentação teatral e apresentação do ciclo da água. As 19 peças que compõem a mostra são assinadas pelo alagoano José Melo dos Santos e retratam cenas do cotidiano maranhense. 

Pacote - O Brisamar foi o hotel escolhido pela companhia aérea Azul para formação do pacote que será oferecido no período das férias de julho. Nele, o cliente vai encontrar diária individual de R$ 211, para cinco noites (veja reportagem ao lado).



A Federação do Comércio foi diplomada pela Associação Comercial do Maranhão como parceira da premiação Empresa do Ano. No registro, o seu presidente em exercício, Marcelino Ramos, com o vice-presidente da ACM, Fabrízio Duailibe


Conciliação - Numa parceria com a Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Associação Comercial do Maranhão, a Federação das Associações Empresariais do Maranhão (Faem) realizará, de 03 a 07 de abril, o 7º Mutirão da Conciliação Empresarial. Para participar, a empresa deve encaminhar à Câmara de Mediação e Arbitragem da Associação Comercial do Maranhão pendências com clientes e fornecedores.

Telefonia - A Tim reformulou seu portfólio de planos pré-pagos lançado em outubro de 2015 e agora os usuários têm mais internet – a franquia mínima passa a ser 1GB – pelo mesmo preço, além de contarem com outros benefícios como WhatsApp à vontade, serviço de streaming de música e pacotes de voz. As novas ofertas Tim Pré possibilitarão uma melhor experiência de uso, permitindo que os consumidores naveguem à vontade na maior rede 4G do Brasil, presente em mais de 1.200 cidades.

Nenhum comentário: